Florentino Pérez continua à frente do Real Madrid

| Espanha

Florentino Pérez segue na presidência do Real Madrid por mais quatro anos
|

Florentino Pérez foi reconduzido como presidente do Real Madrid, esta segunda feira, anunciaram os "merengues" na sua página oficial, face à existência de uma única candidatura à presidência do clube espanhol.

"Com uma única candidatura apresentada (...), proclama-se presidente do Real Madrid Florentino Pérez Rodriguez", refere o clube após terminar no domingo à noite o prazo para a formalização das candidaturas.

A primeira reunião da direção ocorreu depois da meia-noite, com Florentino Pérez, de 70 anos, a iniciar um mandato de quatro anos, depois de em 2013 também ter sido o único candidato a liderar os destinos do Real Madrid.

O dirigente já contabiliza 15 anos à frente do clube, em dois períodos distintos: primeiro entre 2000 e 2006 e depois a partir de 2009.

Pérez foi muito criticado, por ter revisto os estatutos eleitorais, permitindo apenas que possam ser candidatos sócios com mais de 20 anos de clube, contra os dez que anteriormente vigoravam.

No seu mandato, o Real Madrid conquistou três Ligas dos Campeões, em 2014, 2016 e 2017.

Atualmente, o dirigente terá de lidar com a situação de Cristiano Ronaldo, acusado de fraude fiscal, devido a direitos de imagem, e a alegada vontade de o português querer deixar o clube.

A informação mais vista

+ Em Foco

Os candidatos à autarquia de Vila Real acusaram, durante o debate da última noite na RTP3, o atual executivo socialista de não ter criado condições para a fixação de pessoas no concelho.

Sem possibilidade de receber os ordenados em euros ou de pagar as contas em Portugal, muitos recorrem ao mercado negro para trocar dinheiro, como constatou a RTP.

É portuguesa a única equipa do mundo que faz o despiste genético de cancro do estômago. Os investigadores viram agora renovado um financiamento que permite desenvolver novos métodos.

Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A Antena 1 fixa o país em duas dezenas de retratos no caminho para as eleições autárquicas de 1 de outubro.