Abel Ferreira quer Sporting de Braga corajoso, audaz e inteligente na Alemanha

| Liga Europa

|

O treinador do Sporting de Braga, Abel Ferreira, pediu coragem, audácia e inteligência para defrontar os alemães do Hoffenheim, esta quinta-feira, na primeira jornada do grupo C da Liga Europa de futebol.

Para o técnico, a receita para o sucesso no reduto do Hoffenheim passa por "ter coragem, audácia e inteligência", sendo que, "em vários momentos do jogo", os bracarenses terão de "defender", mas simultaneamente "estar sempre com os olhos postos na baliza adversária".

"Os jogadores sabem o que têm de fazer e estamos preparados para desafiar um adversário que vem da ?Champions' e é o atual segundo classificado da Bundesliga", afirmou Abel Ferreira na conferência de imprensa de antevisão da partida, citado pelo sítio do clube.

O treinador 'arsenalista' destacou o jogo coletivo como principal força do adversário, notando também que tem o mesmo treinador há mais de um ano.

"Conheço muito bem o clube. Trata-se de um grande obstáculo e um grande desafio para nos pudermos superar. Sabemos das dificuldades, mas vamos à procura de fazer mossa no nosso adversário", disse.

Abel Ferreira considera que o jogo na Alemanha será um teste para o Sporting de Braga.

"Normalmente, os nossos adversários olham para nós como equipa grande. Amanhã [quinta-feira] será diferente, vamos ser testados. Vamos estar menos tempo com bola e temos de estar preparados para isso. Sabemos da valia do nosso adversário, mas queremos um bom resultado", sublinhou.

O técnico admitiu alterações no 'onze', frisando que conta com todos os jogadores.

"A estrela é a equipa e o estatuto é o rendimento. Até agora cumprimos com todos os objetivos que nos propusemos. Temos o objetivo de passar à fase seguinte, sabemos que é difícil. Temos um grande leque de jogadores e estamos a construir uma equipa competitiva, que vai melhorar a cada jogo que passa", disse.

Sporting de Braga e Hoffenheim defrontam-se na quinta-feira, às 18:00, no Rhein-Neckar-Arena, em Sinsheim, jogo que será arbitrado pelo escocês Bobby Maden.

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Doze meses depois da eleição presidencial de 8 de novembro de 2016, com Donald Trump ao leme da Casa Branca, os Estados Unidos mudaram. E o mundo afigura-se agora mais perigoso.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.