Ricardo Teixeira às portas da Fórmula 1

| Motores

Ricardo Teixeira quer singrar na Fórmula 1 já este ano
|

O angolano Ricardo Teixeira, que há um ano entrou no restrito mundo da Fórmula 1, está confiante em poder brevemente dar o salto para piloto oficial e espera em 2012 disputar o seu primeiro Grande Prémio.

No ano passado, o angolano foi contratado pela Team Lotus (agora Caterham F1 Team) como piloto oficial de testes, o que lhe permitiu aos 27 anos viver a sua primeira experiência na mais alta esfera do desporto motorizado.

Agora, Ricardo Teixeira deverá manter-se na Caterham F1 Team, ainda como piloto de testes, mas com a garantia de que irá participar em "um ou dois grandes prémios" na temporada de 2012.

Nascido em Lisboa, dividiu a infância entre Portugal e Luanda, mas optou pela nacionalidade angolana devido aos seus pais. Quebrou a tradição judoca da sua família (o pai foi campeão nacional e representou Portugal nos Jogos
Olímpicos de Munique em 1972) e, quando aos nove anos conduziu o seu primeiro kart, nunca mais quis outra coisa.

No longo caminho até chegar à Fórmula 1, Ricardo Teixeira competiu em vários campeonatos, desde a Fórmula 3 inglesa até à GP2 Series, e sempre com uma bandeira "completamente desconhecida".

Nos próximos dias, o piloto angolano espera confirmar a continuidade na Fórmula 1 e na Caterham F1 Team.

C/Lusa

A informação mais vista

+ Em Foco

A Girl Move Academy existe há quatro anos com o objetivo de criar uma geração de mulheres líderes.

    Em entrevista à RTP, o paquistanês Ahmad Nawaz recorda o ataque de 2014 a uma escola de Peshawar.

    Fotografias da autoria do artista berlinense Martin Dammann lançam luz sobre o lado mais obscuro da Wehrmacht.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.