Mike Leitner deixa de ser diretor da KTM para o MotoGP

por Mário Aleixo - RTP
Mike Leitner deixa de ser diretor da KTM para o MotoGP D.R.-Instagram

O austríaco Mike Leitner deixou o cargo de diretor de competição da KTM para o MotoGP, anunciou a equipa que conta com o piloto português Miguel Oliveira.

A KTM quer demonstrar a sua gratidão para com Mike Leitner, pela dedicação e conhecimento aplicados no plano para o MotoGP, enquanto o austríaco vai deixar de ser diretor de competição da Red Bull KTM”, lê-se no comunicado da equipa liderada por Pit Beirer, acrescentando que o austríaco, de 59 anos, vai assumir um cargo de consultoria.

Leitner tinha iniciado funções na marca em 2015, integrando a equipa que desenvolveu a mota para a estreia no principal campeonato de motociclismo de velocidade do mundo, na última prova de 2016, em Valência, em Espanha.

A KTM realça a importância do antigo responsável nas conquistas alcançadas desde 2017, entre as quais as três vitórias conseguidas por Miguel Oliveira, na Áustria e em Portugal, ao serviço da Tech3, em 2020, e na Catalunha, já este ano.

O Mike foi uma figura central na nossa missão de lutar contra os melhores do mundo. Juntos, criámos uma estrutura de MotoGP com a equipa certa e os pilotos certos que alcançaram resultados excecionais no auge do desporto”, afirmou Beirer, citado pela KTM

A primeira vitória da KTM na categoria "rainha" do motociclismo de velocidade foi obtida em 2020, na República Checa, pelo sul-africano Brad Binder, que, este ano, venceu em "casa" no Grande Prémio da Áustria.

De acordo com a comunicação especializada em motociclismo, o cargo de diretor de competição da KTM vai ser ocupado pelo italiano Francesco Guidotti, que desempenhava essas funções na Pramac, equipa satélite da Ducati.

pub