Alexandre Camacho torna-se recordista de triunfos no Rali da Madeira

por Lusa

O piloto madeirense Alexandre Camacho, num Skoda Fabia Rally2 Evo, venceu hoje pela quinta vez o Rali Vinho Madeira (RVM), tornando-se recordista de triunfos na maior prova desportiva da região.

Alexandre Camacho e Pedro Calado revalidaram o título, com um tempo de 1:58.36,07 horas, e tornaram-se os primeiros a conseguir cinco triunfos na competição organizada desde 1959 pelo Club Sports da Madeira.

O madeirense viu escapar o primeiro posto nos dois primeiros dias, com Bruno Magalhães, o piloto de fora da região com mais participações na prova (20) a vencer a emblemática superespecial de abertura e a terminar a primeira etapa no topo, com uma diferença de 19,03 segundos para o agora campeão.

No terceiro e último dia, a reviravolta aconteceu no último percurso cronometrado (PEC) da manhã, que decorreu no Rosário, com Alexandre Camacho a fazer menos 2,7 que o adversário, que venceu em 2011, 2012, 2014 e 2015, e que também pretendia o recorde das cinco vitórias.

Bruno Magalhães, a bordo de Hyundai I20 Rally2, acabou por ir do 'céu ao inferno'. Quando perseguia Alexandre Camacho na luta pelo título da prova insular foi obrigado a desistir na PEC 15, a segunda na Ponta de Sol, depois de um pneu se soltado do seu carro.

De salientar ainda a prestação do madeirense Miguel Nunes que venceu hoje todas as classificativas, tendo terminado em segundo lugar, a 11,5 do vencedor.

No último lugar do pódio ficou José Pedro Fontes (Citroen C3 Rally2), com uma diferença de 22,1, mas sai da Madeira a comandar o Campeonato de Portugal de Ralis, seguido de Armindo Araújo (Skoda Fabia Rally2) e Miguel Correia (Skoda Fabia Rally2 Evo) no segundo e terceiro posto, respetivamente.
pub