Em Direto
Euro2024. Acompanhe aqui, ao minuto, o jogo do Grupo C entre Dinamarca e Inglaterra

Alicante vai receber partida da Volvo Ocean Race em 2020 e 2023

por LUSA
Volvo Ocean Race vai voltar às àguas mundiais REUTERS

O presidente da Comunidade Valenciana, Ximo Puig, anunciou hoje que a regata Volvo Ocean Race vai partir da cidade espanhola de Alicante em 2020 e 2023, facto que contraria as aspirações da Câmara Municipal de Lisboa (CML).

“A Comunidade Valenciana realiza um grande esforço económico, mas este é o melhor instrumento de posicionamento de Alicante no Mundo”, justificou Puig, falando de um investimento de 22 milhões de euros (ME) por edição.

A anúncio ocorreu um dia depois de a organização da escala da Volvo Ocean Race na capital portuguesa ter revelado que o estaleiro e base de treinos da regata em 2017 será em Lisboa, que deseja ser o local de partida e base permanente da prova.

“Esta prova tem um caráter estratégico para Lisboa. Nesta edição, vamos ter mais Volvo Ocean Race, a mesma aventura, centralidade e dinâmica, mas reforçada com uma instalação permanente. A Volvo deixa de ser circunstancial, deixa de ser um ponto de acolhimento, mas passa a ser a base. Não descansaremos enquanto não fizermos de Lisboa a base permanente e local de partida da Volvo. Acho que Lisboa tem tudo e justifica a aposta”, disse então o presidente da CML, Fernando Medina.

A Volvo Ocean Race partiu de Alicante em 2008, 2011, 2014 e vai fazê-lo novamente em 2017, sendo que agora foi anunciado o prolongamento desse compromisso para 2020 e 2023.

O governante valenciano falou em “otimização máxima” do orçamento, considerando que em 2017 não se vai repetir a perda de 18 Milhões de Euros, considerando que o défice vai rondar um quarto desse valor, potenciando o impacto económico da prova.
pub