Laboratório de Análises de Dopagem de Lisboa recuperou acreditação

por Lusa
O Laboratório de Análises de Dopagem de Lisboa recuperou a acreditação D.R.

O Laboratório de Análises de Dopagem (LAD) de Lisboa recuperou a acreditação, quatro anos depois de ter sido revogada, por decisão do comité executivo da Agência Mundial Antidopagem (AMA), confirmou à Lusa o Comité Olímpico de Portugal.

O LAD ficou sem credenciais em 25 de outubro de 2018, pouco mais de dois anos depois da suspensão, em 15 de abril de 2016, inicialmente por um período de seis meses, desde quando ficou impedido de realizar qualquer análise de urina e sangue.

De acordo com fonte oficial do Comité Olímpico de Portugal (COP), o comité executivo da AMA aprovou uma recomendação do seu grupo consultivo de especialistas em laboratórios para fundamentar este passo.

O COP considera que esta decisão é muito importante para o desporto português, pela recuperação da imagem internacional de uma estrutura que voltou a cumprir os padrões internacionais, e significará uma redução de custos no processo de análise e controlo da dopagem em Portugal”, sublinhou o organismo.

A mesma fonte explicou que a AMA considerou que os responsáveis do LAD seguiram todas as etapas exigidas pela Norma Internacional para Laboratórios (ISL) no sentido de garantirem nova acreditação.

Agora, o LAD vai ser sujeito a avaliações durante um período entre seis a 12 meses.

A suspensão das credenciais, em abril de 2016, ficou a dever-se à falta de independência do laboratório, aos atrasos dos resultados dos relatórios e a falhas na aplicação de métodos obrigatórios para deteção de substâncias.


pub