Meia maratona de Lisboa condiciona trânsito entre as 04:00 e as 16:00 de domingo

| Outras Modalidades

Legenda da Imagem
|

O trânsito começa a estar condicionado cerca das 04:00 e até às 16:00 de domingo, em várias zonas de Lisboa, devido à realização da Meia Maratona de Lisboa, informou hoje a PSP.

Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP precisou os vários "condicionamentos ao trânsito em artérias da cidade de Lisboa, incluindo (o) IP7", onde, a partir das 04:00, será fechado ao trânsito, no sentido Sul/Norte, à saída da ponte, assim como os acessos da Avenida de Ceuta, Radial de Benfica e Campolide.

Pelas 07:00, o IP7 (Eixo Norte-Sul) fica encerrado no sentido Norte/Sul e pelas 09:45 ficam fechados os restantes acessos.

A PSP informou que pelas 09:15 fica sem circulação automóvel o acesso da saída da Ponte 25 de Abril para Alcântara e, meia hora depois, encerra a ponte até às 12:00, no sentido Sul/Norte, ou seja, do lado de Almada.

"Fica sempre liberto o acesso à Ponte 25 de Abril para os utentes vindos da A4 e das Amoreiras, os quais, no IP7, ficam reduzidos a uma via de trânsito até ao início do tabuleiro da Ponte".

Outros locais encerrados, a partir das 09:15, são a Avenida de Ceuta-Rua Oliveira Minguens, a Praça do Império, com exceção dos elétricos, os acessos à Avenida 24 de Julho, o Cais do Sodré e Campo das Cebolas. A zona de Algés/Marginal, desde o Alto da Boa Viagem, estará sem trânsito entre as 08:00 e as 16:00.

A partida para a meia maratona está marcada para as 10:30, em Sete Rios, onde os acessos deverão estar fechados a partir das 07:00 e até depois das 11:00.

A organização da prova anunciou hoje que a meia maratona de Lisboa não vai partir da Ponte 25 de Abril devido ao mau tempo e por razões de segurança.

A chuva intensa e os fortes ventos que estão previstos para domingo forçaram a organização a mudar o local de partida da praça de portagens da Ponte 25 de Abril, em Almada, para o eixo rodoviário Norte-Sul -- que será fechado ao trânsito -, na zona de Sete Rios, em frente ao Jardim Zoológico, já em Lisboa.

Os participantes desta meia maratona de Lisboa, que atingiu 35.000 inscritos (seis mil dos quais estrangeiros), percorrerão parte do eixo Norte-Sul em direção à Ponte 25 de Abril até à saída para Alcântara, seguindo depois pelo trajeto previsto na zona ribeirinha de Lisboa.

A prova de elite não será afetada por qualquer alteração, pois tem local de partida em Algés, no concelho de Oeiras.

A corrida apresenta como grande referência o eritreu Zersenay Tadese, vencedor da prova em 2010 -- com um recorde do mundo de 58.23 minutos, que ainda se mantém -, 2011 e 2012.


A informação mais vista

+ Em Foco

No mês do Mundial de futebol a RTP faz uma radiografia da vida na Rússia.

    Entrevista a António Mateus para o programa "Olhar o Mundo". Veja aqui.

    Um olhar aos altos e baixos da relação entre o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un.

      A RTP esteve em 2017 no navio Aquarius, agora acolhido por Espanha com mais de 600 migrantes a bordo. Veja ou reveja a reportagem.