Ricardo Moura vence Serras de Fafe e é o primeiro líder do nacional de ralis

| Outras Modalidades

O piloto açoriano Ricardo Moura (Ford Fiesta R5) venceu hoje o rali Serras de Fafe, primeira prova do Campeonato Nacional de Ralis (CNR), depois de uma luta animada com Miguel Barbosa (Skoda Fabia R5) ao longo da competição.

Ricardo Moura impôs-se a toda a concorrência no segundo dia de prova, mas sempre num animado duelo, praticamente ao segundo, com Miguel Barbosa, tal como havia acontecido no dia de sábado.

Neste segundo e último dia da prova, Moura venceu as duplas passagens por Montim e Ruivães/Confurco, enquanto Miguel Barbosa foi o mais rápido nas duas passagens por Gontim, mas, apesar de `forçar´ na última especial do dia, o piloto do Skoda foi incapaz de esbater a diferença de 1,7 segundos à entrada para Gontim 2, com os dois pilotos a registarem o mesmo tempo na especial.

A fechar o pódio ficou Pedro Meireles (Skoda Fabia R5), com o piloto de Guimarães, vencedor do Serras de Fafe em 2017, a ficar a 1.42,4 minutos do vencedor. Meireles levou a melhor sobre José Pedro Fontes (Citroen DS3 R5), quarto classificado, enquanto o regressado Armindo Araújo (Hyundai i20 R5) fechou o `top 5´.

O CNR segue agora para os Açores, onde se disputa a segunda prova, de 22 a 24 de março.

 

Tópicos:

Armindo Araújo Hyundai, Gontim, Montim, Moura Serras, Serras Fafe,

Pesquise por: Armindo Araújo Hyundai, Gontim, Montim, Moura Serras, Serras Fafe,

A informação mais vista

+ Em Foco

Várias organizações de defesa dos Direitos Humanos exigem uma investigação rigorosa.

A morte do advogado foi conhecida há dois anos, no Natal, mas existem vários indícios de que a possa ter simulado.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.