Thibau Nys vence terceira etapa da Volta à Suíça e Alberto Bettiol é novo líder

por Lusa
EPA

O belga Thibau Nys (Lidl-Trek) venceu esta terça-feira a terceira etapa da Volta à Suíça, batendo num sprint restrito outros seis ciclistas, entre eles o italiano Alberto Bettiol (EF Education-Easy Post), novo líder da geral.

Nys, de 21 anos, cumpriu os 161,7 quilómetros entre Steinmaur e Rüschlikon em 3:27.51 horas, triunfando à frente do britânico Stephen Williams (Israel-Premier Tech), segundo, e de Bettiol.

A oitava vitória na estrada da carreira do jovem especialista no ciclocrose, a sexta em 2024, foi decidida nos últimos 200 metros da etapa, numa rampa inclinada após três subidas nos últimos 40 quilómetros terem afastado os sprinters.

O resultado dos homens mais rápidos permitiu ainda a Bettiol envergar a camisola amarela de líder, com seis segundos de vantagem para os outros dois ocupantes do pódio, com o britânico Ethan Hayter (INEOS) em segundo e o neerlandês Wilco Kelderman (Visma-Lease a Bike) em terceiro.

De fora do pódio está agora o português João Almeida (UAE Emirates), que cedeu sete segundos para o vencedor da tirada e caiu para o quinto posto, a nove segundos da frente da corrida.

Na geral, Rui Costa (EF Education-Easy Post) é agora 54.º, a 59 segundos do companheiro de equipa que lidera a tabela, enquanto Nelson Oliveira (Movistar) é 84.º, a cinco minutos.

O dia ficou ainda marcado pela saída de cena do colombiano Nairo Quintana (Movistar) e do alemão Emmanuel Buchmann (BORA-hansgrohe), que não resistiram a uma queda em massa na segunda-feira e hoje não alinharam à partida.

Na quarta-feira, a quarta etapa liga Rüschlikon a Gotthard Pass em 171 quilómetros, abrindo a alta montanha no traçado da 87.ª edição, com a meta pouco depois de uma subida de primeira categoria.
pub