Rali de Portugal abre com superespecial em Lousada

| Rali de Portugal

Sebastien Ogier vai procurar conquistar mais uma vitória em Portugal
|

A superespecial na pista de ralicrosse de Lousada, de 3,36 quilómetros, marca esta quinta feira o início de mais uma edição do Rali de Portugal, sexta prova do Mundial, que é liderado pelo francês Sébastien Ogier (Ford Fiesta), candidato ao "penta".

A partir das 19h03, o tetracampeão do mundo procura regressar aos triunfos no campeonato, depois da vitória em Monte Carlo, na prova inaugural, e defender os 16 pontos de vantagem sobre o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris), que venceu na Suécia e já conquistou o rali luso, e os 18 pontos sobre o belga Thierry Neuville (Hyundai i20), que venceu as últimas duas provas, em França e na Argentina.

O britânico Kris Meeke (Citroën C3), detentor do título em Portugal, ocupa o nono lugar da classificação de pilotos, venceu no México, mas abandonou na Córsega, com problemas mecânicos, e sofreu dois acidentes na Argentina, apresentando-se, no entanto, como candidato a disputar o triunfo.

Ogier, que já venceu em solo luso em 2010, 2011, 2013 e 2014, parte, mais uma vez como favorito e sério candidato a igualar o recorde de cinco vitórias no Rali de Portugal, na posse do finlandês Markku Alen, apesar de ter falhado o pódio na Argentina, onde terminou no quarto posto.

O jornalista Jorge Alexandre Lopes faz a apresentação da corrida.



A edição de 2017 do Rali de Portugal vai ter 349,17 quilómetros cronometrados, divididos por 19 classificativas, o mesmo número do ano passado, estreando a "Braga Street Stage", uma especial-espetáculo de 1,9 quilómetros a percorrer duas vezes no final do segundo dia.

A prova começa esta quinta feira com a superespecial de Lousada, onde Ogier venceu em 2016, seguindo para o Alto Minho, onde os pilotos vão percorrer duas vezes os renovados troços cronometrados de Viana do Castelo, Caminha e Ponte de Lima, antes da "Braga Street Stage", ao início da noite.

No sábado, Vieira do Minho, Cabeceiras de Basto e Amarante -- a especial mais longa da prova com 37,55 quilómetros -, com duas passagens cada, vão acolher praticamente metade da distância do rali.

Para domingo, estão marcadas mais quatro classificativas, Fafe, com duas passagens pelo seu emblemático salto, uma delas "power stage", e os troços de Luílhas e Montim.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 2018 não há aumentos salariais para a função pública. Mas avança o descongelamento faseado de carreiras.

Há muitas perguntas no caminho e muitas respostas que só o caminho pode dar. Pela Última Vez - Histórias sobre o fim que não acaba é o título de uma grande reportagem de Isabel Meira para a rádio pública.

Um atentado suicida em Manchester provocou 22 mortos e dezenas de feridos. A explosão decorreu no final de um concerto da digressão de Ariana Grande Dangerous Woman Tour.

    Acompanhe aqui a edição deste ano com a emissão web em direto.