Liga das Nações. Checos acreditam em bom resultado com Portugal e nos golos de Schick

por Lusa
Lusa

O selecionador checo de futebol mostrou-se hoje confiante num bom resultado diante de Portugal, no penúltimo encontro do Grupo A2 da Liga das Nações de futebol, esperando que o regressado Patrick Schick possa ajudar com golos.

Durante a conferência de imprensa de antevisão ao jogo de sábado, o técnico Jaroslav Sihavy, de 60 anos, recordou o que a sua equipa fez de melhor na derrota da primeira volta, em Lisboa (2-0).

"Todos sabemos que Portugal tem uma equipa muito forte. A primeira parte do nosso lado não foi boa, mas conseguimos atacar e criar problemas à defesa portuguesa. Vamos tentar jogar aqui [em Praga] como na segunda parte", desejou o selecionador.

Jaroslav Sihavy falou, depois, de Schick, que esteve ausente da seleção checa durante vários meses, devido a lesão, e acabou por compará-lo com o português Cristiano Ronaldo.

"O Patrick Schick precisa de marcar alguns golos. Ele é mais matador, mais goleador e mais homem de área. O Ronaldo procura mais a bola", observou.

No sábado, na Eden Arena, os checos podem apresentar-se com uma "linha de três ou quatro defesas", segundo o técnico, que pediu à sua equipa para ser "mais ativa e para não se limitar só a defender".

O capitão de equipa do conjunto checo, Tomás Soucek, marcou igualmente presença na conferência de imprensa de antevisão para dar conta do "espírito muito bom" na equipa anfitriã.

"Estamos todos com um espírito muito bom e vamos jogar com muita garra para representar a equipa da melhor forma possível", assegurou o jogador dos ingleses do West Ham, acrescentado que a jogar "em casa a República Checa é mais forte".

Também o Soucek falou de Patrick Schick, do Bayer Leverkusen, de quem espera uma "ajuda com golos", recordando os cinco que anotou no Euro2022, os mesmos de Cristiano Ronaldo.

O encontro entre checos e lusos, no sábado, tem início marcado para as 20:45 locais (19:45 horas em Lisboa), na Eden Arena, em Praga, e será arbitrado pelo sérvio Srdjan Jovanovic. Na sexta e última ronda, marcada para terça-feira, Portugal recebe a Espanha, em Braga.

Concluídas quatro jornadas da Liga das Nações, Portugal está no segundo posto do Grupo A2, com sete pontos, após triunfos sobre Suíça (4-0) e República Checa (2-0), ambos em Lisboa, um empate em Sevilha, com a Espanha (1-1), e uma derrota em Genebra, perante os helvéticos (1-0).

A Espanha é quem lidera a `poule`, com oito pontos, enquanto a República Checa é terceira, com quatro, e a Suíça a última, com três.

A formação das `quinas`, vencedora da primeira edição da Liga das Nações, em 2019, precisa de vencer o agrupamento para chegar à `final four` da terceira edição, sendo que a segunda foi conquistada pela França, numa final com a Espanha, em 2021.

Os quatro vencedores dos grupos da Liga A qualificam-se para a fase final, que inclui meias-finais, final e partida de atribuição do terceiro lugar. A `final four` da terceira edição da prova será realizada em junho de 2023.

pub