Selecionador de Portugal elogia João Neves e admite convocar médio do Benfica

por Lusa
Reuters

O selecionador de Portugal elogiou hoje o desempenho de João Neves no encontro Sporting-Benfica, da I Liga de futebol, e admitiu que o médio 'encarnado' está na lista de possíveis convocados para a seleção nacional.

"É muito fácil para mim. Todos os jogadores que estão nas seleções de formação e jogam pela equipa principal (dos seus clubes), isso é um 'alarme' direto", respondeu Roberto Martínez, quando questionado sobre se João Neves estaria na sua lista de potenciais convocados.

O espanhol foi entrevistado no encerramento da 2.ª Conferência Bola Branca, da Rádio Renascença, dedicada aos temas "Talento, Ética e Igualdade no Desporto", e não escondeu a admiração pela exibição do jovem 'encarnado', de apenas 18 anos, autor do segundo golo do Benfica no dérbi de domingo, que terminou empatado 2-2.

"A forma de jogar do João Neves foi de um jogador muito mais crescido do que a idade dele. Tem um papel muito importante na seleção sub-19, vai crescer e ter minutos de competição. Há um plano individual muito claro e ontem (domingo) foi um jogador essencial para a sua equipa. Outros jogadores precisam de três ou quatro épocas para ganhar essa experiência", elogiou Martínez.

O selecionador de Portugal assistiu no Estádio José Alvalade ao dérbi da 33.ª jornada da I Liga, um desafio que foi "muito representativo do que é o jogo em Portugal", e admitiu que desfrutou "muito" do encontro que foi "de alto rendimento a todos os níveis".

"É importante seguir um jogador nesses jogos. Para um jovem é importante para (aprender a) cumprir os seus objetivos com a equipa, controlar as emoções em momentos críticos. Os jogadores são melhores hoje, depois desse jogo. E para o selecionador, esses são os jogos que gosto de ver", comentou o treinador, ainda antes de deixar os elogios a João Neves.

Sobre os objetivos da seleção portuguesa, Martínez assumiu que pode pensar em vencer o Euro2024, mas lembrou que "primeiro precisa de qualificar-se" e considerou que o facto de Portugal já ter conquistado um Campeonato da Europa, em 2016, "dá um ponto de partida muito importante do ponto de vista psicológico".

"Preciso de ver compromisso, os jogadores a crescerem, com uma bola ligação, a jogar bom futebol e a formar uma equipa sempre muito competitiva. Passo a passo, podemos sonhar juntos, mas é importante ter objetivos muito claros e específicos", admitiu o antigo selecionador da Bélgica.

Questionado sobre se sente nos jogadores essa vontade de ganhar uma grande competição, Roberto Martínez respondeu que sentiu "responsabilidade".

"Os nossos jogadores têm um sentimento muito especial pela seleção, mas (também) um grau de compromisso e responsabilidade que permitem a um treinador formar uma equipa muito competitiva. Para ganhar um Europeu ou um Mundial, as margens são muito pequenas, o importante, para nós, é trabalhar sobre essas margens", comentou.


pub