Rogério Alves pede tréguas e adiamento de eleições

por Rogério Alves

O conhecido sportinguista condena o atual clima agressivo de luta pelo poder e diz que hipotéticas eleições só no final da época.

Enquanto o universo sportinguista aguarda com expetativa para a marcação do dia e local da próxima assembleia geral extraordinária onde se votará ou não a destituição do conselho diretivo presidido por Godinho Lopes, o conhecido advogado indica o caminho que deveria ser trilhado no futuro próximo: "Fazer uma trégua até ao final da época e este é o sentimento da generalidade dos sportinguistas. Há muitos que não estão contentes com esta direção. Agora as pessoas estão muito apreensivas com a realização de uma assembleia que vai complicar tudo, ou seja, pôr em causa a reestruturação financeira e perturbar o bom funcionamento da equipa sem que se veja uma solução alternativa".
pub