Daniel Mestre vence nona etapa ao "sprint", Rui Vinhas mantém liderança

| Ciclismo

O português Rui Vinhas (W52-FC Porto) mantém a camisola amarela
|

O ciclista português Daniel Mestre (Efapel) venceu sábado ao `sprint` a nona etapa da Volta a Portugal, que ligou Alcácer do Sal a Setúbal, na distância de 176,1 quilómetros, tendo sido creonometrado em 4:12.50 horas.

Daniel Mestre fugiu nos metros finais da tirada e bateu sobre a meta o espanhol Alejandro Marque (LA Alumínios-Antarte), segundo com o mesmo tempo, enquanto o italiano Alessio Taliani (Androni Giocattoli) foi terceiro a três segundos, seguindo-se o pelotão a cinco segundos.

O português Rui Vinhas (W52-FC Porto), que voltou a chegar integrado no pelotão, manteve a camisola amarela, com 2.25 minutos de vantagem para o espanhol e seu colega de equipa Gustavo Veloso e 2.53 para o seu compatriota Daniel Silva (Rádio Popular Boavista), segundo e terceiro classificados, respetivamente.

 

 

Tópicos:

Alcácer Sal, Aledro, Daniel, Gustavo Veloso,

Pesquise por: Alcácer Sal, Aledro, Daniel, Gustavo Veloso,

A informação mais vista

+ Em Foco

Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      A menos de 100 quilómetros da fronteira com a Síria, a cidade turca de Gaziantep é uma terra de tradições e sabores.

      Fotografias da autoria do artista berlinense Martin Dammann lançam luz sobre o lado mais obscuro da Wehrmacht.