Simão marca penalti decisivo

| Futebol Internacional

Simão festeja golo
|

O Besiktas conquistou hoje a Taça da Turquia em futebol, ao bater na final o Istambul por 4-3, nas grandes penalidades, que se seguiu ao empate (2-2) após prolongamento, com Simão a marcar o último e decisivo pontapé.

 O Besiktas chegou ao intervalo a vencer, graças a um golo de Ricardo
Quaresma, aos 33 minutos, vantagem essa que manteve até aos 53 minutos,
altura em que um erro defensivo crasso, num atraso de bola, originou uma
grande penalidade a favor do Istambul, executada com sucesso por Ibrahim
Akin. 
 
    Aproveitando a embalagem do empate, o Istambul adiantou-se no marcador
aos 68 minutos, através de Gokhan Unal, forçando o Besiktas a um "forcing"
final no sentido de, pelo menos, adiar a decisão para o prolongamento. 
 
    Seria o checo Tomás Sivok a conseguir esse objetivo, ao restabelecer
o empate aos 78 minutos, após a segunda assistência de Manuel Fernandes,
resultado que não se alteraria até final do tempo regulamentar e durante
o prolongamento. 
 
    A decisão seria remetida para as grandes penalidades, com o Besiktas
a marcar quatro, contra apenas três do Istambul. 
 
    Os três portugueses encarregues dessa responsabilidade não falharam:
Hugo Almeida, que abriu a série, Manuel Fernandes e Simão, que a encerrou,
transformaram as respetivas cobranças com gestos técnicos irrepreensíveis.
 
     
 

A informação mais vista

+ Em Foco

Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      A menos de 100 quilómetros da fronteira com a Síria, a cidade turca de Gaziantep é uma terra de tradições e sabores.

      Fotografias da autoria do artista berlinense Martin Dammann lançam luz sobre o lado mais obscuro da Wehrmacht.