Sporting ganha para a Liga Europeia de andebol

por Mário Aleixo - RTP
O Sporting voou para a vitória na jornada da Liga Europeia de andebol D.R.-EHF

O Sporting foi a equipa portuguesa que melhor esteve na fase de grupos da Liga Europeia de andebol, na jornada de terça-feira, ao ganhar em casa dos dinamarqueses do Skjern Handbold, por 30-28.

Menos bem estiveram o Benfica, derrotado em Lisboa pelo Montpellier, por 26-24, e o Águas Santas, que na Póvoa de Varzim empatou com os ucranianos do HC Motor, 26-26.

Para o grupo C, a vitória dos "leões" em Skjern foi importante, porque, mesmo continuando em quarto lugar, passa a ficar com os mesmos pontos de segundo e terceiro, relançando a sua campanha.

Comanda o grupo o Nexe, da Croácia, só com vitórias e 10 pontos. Com seis pontos estão Granollers (Espanha), Skjern e Sporting. Mais atrás estão Balatonfuredi, da Hungria, e Alpla, da Áustria, com um ponto.

No pavilhão da Luz, o Benfica, detentor do troféu, recebeu o líder do grupo A, o Montpellier, e perdeu por 26-24, com 12-12 ao intervalo.

O jogo foi muito discutido quase até ao fim, quando a maior experiência dos franceses, favoritos à vitória final na competição, veio ao de cima.

Charles Bolzinger, com 18 defesas - 45 % de eficácia - foi essencial no sucesso dos gauleses. Do lado do Benfica, destaque para os seis golos de Ole Rahmel.

O Montpellier lidera o grupo com 10 pontos, seguido de Kadetten Schaffhausen, da Suíça, com oito pontos, e Goppingen, da Alemanha, com seis.

O Benfica tem quatro e está à frente do Veszprém Felsoors, da Hungria, e do Tatran Presov, da Eslováquia, sem pontos.

No grupo D, o Águas Santas conseguiu um histórico primeiro ponto, à custa do HC Motor, da Ucrânia. O resultado final foi de 26-26, após 14-15 ao intervalo.

Lidera o grupo o Fuchse Berlin, com 10 pontos, mais dois do que o Skanderborg-Aarhus, da Dinamarca, e quatro que o Bidasoa, de Espanha.

Em quatro está o Eurofarm Pelister, da Macedónia do Norte, com HC Motor e Águas Santas com um ponto.

pub