Pedro Pichardo sagra-se campeão do mundo do triplo salto

por Lusa
Kai Pfaffenbach - Reuters

O português Pedro Pablo Pichardo conquistou o título de campeão do mundo do triplo salto, em Eugene, nos Estados Unidos, ao voar 17,95 metros, na sua primeira tentativa. É a melhor marca do ano a nível mundial.

Pedro Pablo Pichardo juntou esta madrugada o título de campeão do mundo à medalha de ouro conquistada nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, em 5 de agosto de 2021.

No mundial de atletismo que decorre em Oregon, nos Estados Unidos, Pichardo saltou 17,95 metros alcançados no primeiro salto, naquela que foi a melhor marca mundial do ano, seguindo-se 17,92, a segunda de 2022, 17,57, num concurso em que abdicou da quarta tentativa e terminou com 17,51, depois de um nulo.

O português, de 29 anos, impôs-se a Hugues Fabrice Zango, do Burkina Faso, medalha de bronze em Tóquio2020 e nos Mundiais Doha2019, e ao chinês Yaming Zhu, prata nos últimos Jogos Olímpicos, que, com 17,55 e 17,31, ambos com as suas melhores marcas do ano, terminaram na segunda e terceira posições, respetivamente.

Pichardo tornou-se no sétimo português a conquistar um título mundial no atletismo, depois de Fernanda Ribeiro, Manuela Machado, Carla Sacramento, Inês Henriques, Rosa Mota e Nelson Évora, conquistando a primeira medalha para Portugal em Eugene2022 e juntando este título à liderança do `ranking` mundial e ao da Liga de Diamante de 2021, depois dos segundos lugares nos campeonatos do mundo Moscovo2013 e Pequim2015, ainda como cubano.

Em Doha2019, na estreia em Mundiais como português, o saltador do Benfica terminou na quarta posição.

pub