Eleições do FC Porto adiadas

por Mário Aleixo - RTP
As eleições no FC Porto ficam para depois do estado de emergência no país fcporto.pt

O processo eleitoral do F Porto, previsto inicialmente para o dia 18 de abril, vai ser adiado sem data ainda definida, informou Matos Fernandes, presidente da Assembleia Geral (AG) do clube.

No dia seguinte ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ter declarado estado de emergência em Portugal, devido à propagação do Covid-19, José Matos Fernandes informou os sócios do clube portista da suspensão das eleições.

"Tomei a decisão de suspender as eleições e remarcar apenas quando sairmos desta situação", referiu o presidente da AG.

A entrega das listas terminaria esta quarta-feira, mas, em virtude do estado de emergência, este último dia também vai ficar suspenso e cumprir-se-á no primeiro dia útil após o fim do estado agora declarado.

"Não seria justo que o prazo de entrega das listas não fosse cumprido na íntegra. Deste modo, o dia que falta será no primeiro dia útil após o fim do estado de emergência", referiu.

Até ao momento foram entregues duas listas candidatas às eleições do FC Porto, para o quadriénio de 2020-24, uma liderada pelo atual presidente, Pinto da Costa, e outra encabeçada por José Fernando Rio.
pub