Vettel vence em Montreal e assume liderança do Mundial

| Fórmula1

Legenda da Imagem
|

Primeira vitória Ferrari em 14 anos, na pista de Montreal. Vettel dominou a corrida na frente de Bottas e Verstappen. Tornou-se o 4º piloto de sempre a atingir 50 vitórias na carreira.


Vettel dominou a qualificação e a corrida em Montreal para concretizar um triunfo que o faz regressar ao comando do campeonato e tornar-se o 4º piloto da história a vencer pelo menos 50 GPs.

Sebastian Vettel conseguiu de resto trazer a Ferrari para o palco dos triunfos em Montreal, pista com o nome do Ferrarista Gilles Villeneuve, algo que não acontecia há 14 anos, quando Michael Schumacher tinha vencido em 2004.
VALDRIN XHEMAJ

O piloto alemão conservou o comando no arranque e desde então não mais cedeu, confortável para resistir fácil e com avanço no controlo da prova, esrperando até ao momento em que a Mercedes mandou Valtteri Bottas para o PitStop. Evitando assim qualquer chance de ser surpreendida, a Ferrari concretizou a paragem para mudança de pneus no Ferrari do líder na volta seguinte e a diferença foi orbitando sempre entre os 4 e os 6 segundos até ao final.

CARLO ALLEGRI

Bottas foi o sólido 2º classificado no final, marcando pontos importantes para garantir melhores condições de continuidade na equipa, quando se começa a discutir o futuro.

CARLO ALLEGRI

Max Verstappen, no Red Bull, completou o pódio,dando à Red Bull pela 6ª vez no Canadá presença na festa do champagne.

Uma das vitórias da escuderia foi em 2014 com Daniel Ricciardo que terminou desta feita em 4ª lugar resistindo no final à forte pressão de Lewis Hamilton.

Hamilton passou a primeira parte de corrida com problemas de regrigeração do seu motor, o que provocou a um défice de performance que limitou a sua corrida. Depois do pitstop, quando foi possível realizar a alteração que acabou com o problema, Hamilton mostrou-se mais rápido mas já não deu para mais do que fazer uma limitação de danos. É que depois de Ricciardo ter feito o seu PitStop passou para a frente de Hamilton e apesar de tudo, não mais conseguiu recuperar a posição.

CARLO ALLEGRI

Kimi Raikkonen fez a par de Vettel e Bottas um primeiro turno mais longo. Mas ao contrário dos outros, Kimi perdeu com a opção mais longa inicial e acabbou por fechar em 6º lugar a corrida.

Nico Hulkenberg foi o melhor dos demais, seguido do outro Renault de Carlos Sainz, que sobreviveu ao contato com Sergio Perez no Force India, logo no início da corrida. Esteban Ocon foi 9º no final, sendo apenas a 3ª vez este ano que termina nos pontos. O monegasco Charles Leclerc marcou 1 ponto, fechando no Top10 pela 3ª vez nas últimas 4 corridas.

A corrida foi neutralizada logo na 1ª volta depois de um incidente a envolver o Toro Rosso de Brendon Hartley e o Williams do canadiano Lance Stroll que pouco conseguiu aproveitar a experiência de correr o "seu GP". Uma colisão aparatosa, com Stroll a sentir um furo e a perder o controlo do carro para ensanduichar o Toro Rosso de Hartley à esquerda sobre o muro.
Click na imagem e veja o incidente.


Fernando Alonso tornou-se o 4º piloto da história a fazer o 300º GP. Mas a corrida não terminou para o espanhol, com o motor Renault a ceder e a deixar furioso o bicampeão mundial.

No mundial, Vettel veio de uma desvantagem de 14 pontos para uma vantagem de 1 ponto agora sobre Hamilton. A Ferrari diminuiu a diferença para a Mercedes agora só para os 17 pontos.

Vettel tem 121 pontos, Hamilton 120, Bottas 86, Ricciardo 84, Raikkonen 68, Verstappen 50, Alonso e Hulkenberg 32. Nas escuderias, Mercedes 206 pontos, Ferrari 189, Red Bull 134, Renault 56, McLaren 40.


FACTOS E ESTATÍSTICAS GP DO CANADÁ

VITÓRIAS


* Sebastian Vettel - 50ª vitória de carreira (3ª da temporada 2018). Torna-se no 4º piloto de sempre a vencer 50 GPs, depois de Schumacher, Hamilton e Prost.

* Sebastian Vettel – 2ª vitória em Montreal (onde venceu em 2013 com a Red Bull).

* Ferrari – 232ª vitória na F1 (12ª no Canadá).

* Motores Ferrari - 233ª vitória na F1

* Alemanha - 176ª vitória na F1

* Carro #5 - 141ª vitória na F1 (a 16ª pela mão de Vettel)

VITORIAS 2018
Vettel 3, Hamilton 2, Ricciardo 2
Ferrari 3, Mercedes 2, Red Bull 2

POLES

VALDRIN XHEMAJ

* Sebastian Vettel – 54ª pole position de carreira (4ª de 2018). Foi a 4ª pole de Vettel em Montreal.

* Ferrari: 217ª pole da história, 7ª pole em Montreal.

* Motores Ferrari: 218ª pole da história.

* Alemanha: 163ª pole na F1.

Outros...

* Hamilton marca poles há 12 anos consecutivos (desde 2007). Melhor só Michael Schumacher que marcou poles em 13 anos consecutivos. De 1994 a 2006.

* Hamilton a par de Senna, é o único piloto que marcou pelos menos 10 poles em 3 épocas de F1. Lewis marcou 11 poles em 2015, 12 em 2016 e agora leva 11 poles em 2017. Senna marcou 13 poles em 1988, 13 em 1989 e 16 em 1990

* Lewis tem 121 1ª filas em 215 GPs na F1 (3 em 2018, 13 em 2017, 15 em 2016, 17 em 2015). É um record absoluto na F1, tendo passado a marca de 116 1ª filas de Michael Schumacher (obtidos em 308 GPs).

POLES DE 2018
Vettel 4, Hamilton 2, Ricciardo 1
Ferrari 4, Mercedes 2, Red Bull 1

1ªFILAS DE 2018
Vettel 5, Raikkonen 3, Hamilton 3, Bottas 2, Ricciardo 1
Ferrari 8, Mercedes 5, Red Bull 1


VOLTAS MAIS RÁPIDAS


* Max Verstappen - 4ª Volta Mais Rápida de corrida. As anteriores 3 foram ambas no Brasil em 2016 e 2017 e no GP do Mónaco deste ano.

Foi uma volta canhão que, muito embora controlada por Bottas, quase chegou para Verstappen chegar ao 2º lugar, com Verstappen a marcar a Melhor Volta de Corrida e a encostar no piloto da Mercedes

* Red Bull - 59ª volta mais rápida de corrida, ultrapassando agora a Mercedes.

* Motores Tag Heuer - 12ª Volta rápida de Corrida.

VOLTAS MAIS RAPIDAS NO CANADA
Max VERSTAPPEN - Red Bull - 1'13''864
Sebastian VETTEL - Ferrari - 1'13''964
Valtteri BOTTAS - Mercedes - 1'13''992
Kimi RAIKKONEN - Ferrari - 1'14''075
Daniel RICCIARDO - Red Bull - 1'14''159
Lewis HAMILTON - Mercedes - 1'14''183
Sergio PEREZ - Force India - 1'15''100
Kevin MAGNUSSEN - Haas - 1'15''401
Romain GROSJEAN - Haas - 1'15''470
Charles LECLERC - Sauber - 1'15''480

VOLTAS MAIS RÁPIDAS 2018
Ricciardo 3, Bottas 2, Verstappen 2,
Red Bull 5, Mercedes 2

PÓDIOS


* Sebastian Vettel - 103º pódio de carreira. Está a 3 de Alain Prost, para passar a ser o 3º piloto de sempre com mais pódios (mais só Schumacher e Hamilton). Foi o seu 50º P1 em corrida.

* Valtteri Bottas - 26º pódio de carreira, igualando as marcas do irlandês Eddie Irvine e do sueco Ronnie Peterson. Foi a 12ª vez como P2 no final.

* Max Verstappen - 13º pódio de carreira, tantos quantos Jochen Rindt, Fronçois Cevert, Gilles Villeneuve, Didier Pironi e Nick Heidfeld. Foi a 5ª vez como P3 de corrida.

* Ferrari - 734º pódio da história

* Mercedes - 163º pódio da história

* Red Bull - 152º pódio da história.

* Motores Ferrari - 740º pódio da história.

* Motores Mercedes - 431º pódio da história.

* Motores Tag Heuer - 33º pódio da história.

* Alemanha - 396º pódio da história

*Finlândia - 195º pódio da história

* Holanda - 15º pódio da história, igualando o México.

PÓDIOS DE 2018:
Hamilton 5, Bottas 4, Vettel 4, Raikkonen 3, Ricciardo 2, Verstappen 2, Perez 1
Mercedes 9, Ferrari 7, Red Bull 4, Force India 1


PIT STOPS

* GP Canada - 20 Pitstops

* MELHORES PIT STOPS do GP


* Vitórias em PIT STOPS 2017:
Bottas (Mercedes), Verstappen (Red Bull); Vettel (Ferrari), Stroll (Williams), Ricciardo (Red Bull), Leclerc (Sauber) - 1

Por escuderias:
Red Bull 2, Mercedes 1, Ferrari 1, Williams 1, Sauber 1

* TOTAL DE PITSTOPS DE 2018 = 175

Pit Stops -> AUS 20 BAH 33 CHI 20 AZE 35 ESP 21 MON 26 CAN 20

ULTRAPASSAGENS


* GP do Canada - 30 ultrapassagens, 4 com recurso a DRS e 0 para o comando de GP

ULTRAPASSAGENS  TOT  DRS  LEAD
GP Austrália    15 3 1
GP Bahrain    86 31 1
GP China    79 23 2
GP Azerbaijão   70 22 0
GP Espanha    18 10 0
GP Mónaco    18 2 0
GP Canada    30 4 0
GP França           
GP Áustria           
GP Inglaterra           
GP Alemanha          
GP Hungria           
GP Bélgica           
GP Itália           
GP Singapura           
GP Rússia          
GP Japão           
GP EUA           
GP México           
GP Brasil           
GP Abu Dhabi           
TOTAIS    316 95 4

VOLTAS NO COMANDO

* 1 Comandantes do GP do Canada, Vettel, 68 voltas.

* Hamilton e Vettel comandam Voltas há 12 anos consecutivos. Igualam agora o feito de Alonso entre 2003 e 2014. Melhor que todos estes, só Michael Schumacher com 15 anos consecutivos, de 1992 a 2006.

* Lewis Hamilton comandou GPs por 119 vezes em 215 GPs. Ele e Schumacher são os únicos pilotos da história a suplantar a marca dos 100 GPs liderados. Schumacher comandou 142 em 306 GPs.

* Sebastian Vettel, Lewis Hamilton e Michael Schumacher, são os únicos que lideraram mais de 3000 voltas na história.

VOLTAS LIDERADAS EM 2017:
Vettel 207, Ricciardo 91, Hamilton 82, Bottas 39, Verstappen 8, Raikkonen 2.
Ferrari 213, Mercedes 123, Red Bull 99

ABANDONOS


* Tivemos 3 abandonos no GP, sendo que 2 deles resultaram da colisão entre Stroll e Hartley, o outro o problema de motor de Alonso.

ABANDONOS TOTAL 2018:  TOTAL  ACI/DES  MECAN.
GP Austrália    5 0 5
GP Bahrain    3 0 3
GP China    1 0 1
GP Azerbaijão   7 6 1
GP Espanha    6 3 3
GP Mónaco    3 2 1
GP Canada    3 2 1
GP França           
GP Áustria           
GP Inglaterra           
GP Alemanha          
GP Hungria           
GP Bélgica           
GP Itália           
GP Singapura           
GP Rússia          
GP Japão           
GP EUA           
GP México           
GP Brasil           
GP Abu Dhabi           
TOTAIS    28 13 15

* Em 2017 tivemos 94 abandonos (34 por acidente/despiste; 60 por motivos mecânicos). Em 2016 tinham existido 85 abandonos (30 por acidente/despiste; 55 por motivos mecânicos).

OUTROS FACTOS E NÚMEROS:


* O GP teve 2 voltas a  menos, das 70 apenas 68 contaram depois de uma convidada escolhida para mostrar a bandeira de última volta o ter feito 1volta mais cedo. A modelo Winnie Harlow mostrou a bandeira de xadrez à Volta 69 em vez da volta seguinte e pelo artigo 43.2 do regulamento nessas circunstâncias de erro é a volta anterior que conta.
Harlow afirmou nas redes sociais que lhe disseram para agitar a bandeira. Escreveu no Instagram: “When they tell you to wave the flag a lap too early! You had one job sir!”. O mesmo tinha já acontecido no GP da China de 2014.

* Os pilotos na grelha com mais GPs feitos e sem vitória são Nico Hulkenberg com 142GPs, Romain Grosjean 129 e Marcus Ericsson 83. Mark Webber precisou de 130 GPs para vencer a 1ª corrida., Barrichello 124, Jarno Trulli 117, Jenson Button 113, Nico Rosberg 111, Giancarlo Fisichella 110, Mika Hakkinen 96, Thierry Boutsen 95, Jean Alesi 91, Eddie Irvine 81.

* 104 GPs consecutivos em que apenas 3 escuderias venceram GPs. A Mercedes 68, Red Bull 23 e Ferrari 13.

Mercedes...

* Mercedes obteve o 43º GP consecutivo a pontuar. É a 6a maior sequência ativa na história da F1, a 3 de igualar a Ferrari com 46 entre São Marino 2006 e Itália 2008. A Mercedes tem 62 GPS consecutivos a pontuar como o seu melhor registo, (entre 2012 e 2016), sendo esse o 3º maior de sempre.

* A Mercedes obteve o seu 21º pódio consecutivo. É o 4º melhor resultado de sempre, igualando a sequência de 21 que também ela fez em 2016-2017. Está a 1 pódio de igualar a Ferrari com 22 (2003-2005). A Mercedes tem o 2º melhor resultado com 28 pódios consecutivos em 2014-2015 e a Ferrari a melhor sequência de sempre com 53 pódios seguidos entre 1999-2002

* Hamilton marcou o seu 32º GP consecutivo a pontuar, aumentando a MAIOR SEQUÊNCIA da história da F1. A última vez que Hamilton não conseguiu marcar pontos ou terminar a corrida, foi no GP da Malásia de 2016.

* Hamilton está agora a 1 GPs de igualar os 33 GPs consecutivos que Nick Heidfeld terminou corridas.

* Hamilton tem pelo menos uma vitória em cada uma das suas 12 épocas de F1

Ferrari...

* A Ferrari não obtinha a pole em Montreal há 17 anos, desde Schumacher em 2001

* A Ferrari não vencia em Montreal há 14 anos, desde Schumacher em 2004


* Vettel pela 89ª vez na 1ª fila de um GP de F1, mais 2 que Ayrton Senna.

* Raikkonen segue agora com 104 GPs consecutivos desde o seu último triunfo na F1. E já lá vão 24 pódios desde a última vez que subiu ao lugar mais alto.

* Ferrari marca pódios em todas as temporadas desde 1981

Red Bull...

*

Force India...

*

McLaren...

* Fernando Alonso marcou o seu 300º GP na F1. É o 4º piloto da história a passar a marca dos 300, depois de Rubens Barrichello (323), Michael Schumacher (307) e Jenson Button (306).

* Alonso abandonou pela 2ª vez em 2018 e pela 2ª vez consecutiva com problemas de caixa e motor, no Mónaco e Canadá. Terminou 5 GPs nos pontos em 2018. Vandoorne 4. Em 2017 a McLaren levou 8 GPs para pontuar (aconteceu em Baku). Um jejum tão grande não acontecia desde 1966.

* Alonso marca pontos no mundial desde 2003, está a 1 ano de igualar a marca de 17 anos a pontuar, de Jenson Button (2000-2016)

* McLaren está sem vencer há 105 GPs (desde GP da Brasil de 2012 com Button). É o seu maior registo sem vitórias. O anterior datava das temporadas de 1993 a 1997.

* 105º GP sem a McLaren na pole position, a maior ausência desde 1994-1997

* 84 GPs consecutivos sem a McLaren no pódio

Williams...

* O rookie Sergey Sirotkin, é o único piloto que ainda marcou pontos na sua Carreira, até ao momento.

* Williams não vence desde o GP de Espanha de 2012 (Maldonado), há 121 GPs.

Renault...

* Pela 1ª vez na sua Carreira, Carlos Sainz marca 5 GPs consecutivos nos pontos.

* Nico Hülkenburg aumentou o Record de 142 GPs sem nunca ter obtido um pódio. Record Absoluto.

Haas...

* Romain Grosjean está ainda a zero, nos pontos. E não marca pontos há 11 corridas.

* A Haas obteve a sua 48ª corrida sem pódios. Ultrapassou a AGS, como 10ª escuderia da história com mais corridas feitas e sem ter um pódio. A seguir está agora a Zakspeed 53, Catheram e HRT 56, Marussia 73, ATS 89, Ensign 99, Osella 132 e a Minardi recordista absoluta com 340 GPs sem pódios.

Sauber...

*

Toro Rosso...

*

A informação mais vista

+ Em Foco

Raptos e assassínios de opositores em países estrangeiros, levados a cabo pelos serviços secretos, têm um longo historial.

Logo após a recuperação das armas roubadas, o ex-chefe do Estado-Maior do Exército proibiu a PJ de entrar na base de Santa Margarida.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

      Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.