Inzaghi apela à união do Inter Milão perante Benfica "de grande qualidade"

por Lusa
Reuters

O treinador Simone Inzaghi apelou hoje à união dos italianos do Inter Milão na partida da primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, diante de um Benfica "forte e de grande qualidade".

"Estamos nos quartos de final, é uma fase importante e o percurso foi bastante difícil. Não será um jogo simples, frente a um adversário forte e de grande qualidade, num estádio que também conhecemos. A palavra-chave é: juntos. Todos juntos poderemos alcançar o objetivo que queremos", afirmou o treinador, em conferência de imprensa.

Depois de um ligeiro atraso da comitiva do Inter Milão a chegar ao Estádio da Luz, em Lisboa, Simone Inzaghi frisou ainda a necessidade de a turma italiana jogar com cabeça para tentar contrariar os resultados recentes, uma vez que não vence há seis encontros.

"Temos a cabeça bem centrada e a tentar deixar de lado resultados. Nos últimos jogos, fiquei satisfeito com as exibições da equipa em si, mas claro que os resultados não me satisfazem", disse, acrescentando: "Não ganhámos nenhum jogo, mas merecíamos. A equipa está bem, quer nos treinos, quer nos jogos, mas poderemos fazer muito mais".

A formação milanesa eliminou o FC Porto nos 'oitavos' e, agora, volta a enfrentar uma equipa portuguesa, sendo "duas equipas fantásticas, que dominam o campeonato neste momento", salientando que as 'águias' apenas perderam dois jogos esta época.

"O Benfica é uma ótima equipa e está a fazer um percurso fantástico na 'Champions'. Ocupam muito bem os espaços com posse de bola e têm um jogo muito compacto, de equipa, com muita entreajuda", elogiou Inzaghi, na segunda temporada no Inter Milão.

O ex-futebolista, de 47 anos, destacou também a continuidade do momento de forma do Benfica mesmo após a saída de Enzo Fernández, em janeiro, confirmando grandes ausências para o encontro no reduto benfiquista: Milan Skriniar e Hakan Çalhanoglu.

"São dois jogadores realmente importantes e teria gostado muito mais de tê-los aqui. Espero que o Çalhanoglu volte já no sábado, contra o Monza. Provavelmente terei de esperar mais tempo pelo Skriniar", informou o treinador, que se notabilizou na Lazio.

O defesa central Alessandro Bastoni também falou aos jornalistas na sala de imprensa do Estádio da Luz, expressando que o Inter Milão vai jogar com muita alegria numa "ocasião importante" e a encarar o encontro como "fundamental e importantíssimo".

"Sabemos que é uma ocasião importante para nós, pois não chegávamos aos quartos de final há já 12 anos. É uma partida fundamental e importantíssima para nós, mas é apenas um jogo de futebol e queremos ter muita alegria enquanto jogamos", realçou.

O internacional transalpino, de 23 anos, considerou que os resultados não coincidem com as exibições da equipa nos derradeiros jogos e ressalvou que o Inter Milão tem de "entrar com muita garra" na abordagem à partida, sem receio da qualidade adversária.

"O Benfica tem uma defesa de grande qualidade, mas não receamos, assim como não receámos perante o Barcelona, ou o FC Porto nos 'oitavos'. Não temos receio. Estamos com muita garra e bem compactos para conseguirmos criar dificuldades", sublinhou.

Benfica e Inter Milão defrontam-se terça-feira, no Estádio da Luz, em Lisboa, às 20:00, em jogo da primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, com arbitragem do inglês Michael Oliver. A segunda mão está marcada para dia 19 de abril, em Milão.
pub