WAC Casablanca vence Taça Vicente Lucas na visita ao Belenenses

| Futebol Nacional

Legenda da Imagem
|

Os marroquinos do WAC Casablanca conquistaram hoje a Taça Vicente Lucas ao vencer o Belenenses, por 2-1, no Estádio do Restelo, com golos dos futebolistas Evouna Malick e Reda Hajhouj.

Em dia de festa, os poucos adeptos presentes no Estádio do Restelo viram os “capitães” do Belenenses - Bruno China e Matt Jones - entregar a camisola da nova época à antiga glória dos "azuis" Vicente Lucas, irmão de Matateu, depois de todos os jogadores terem sido chamados e “desenharem” um V no terreno de jogo.

Os comandados de Lito Vidigal até começaram melhor o encontro, com maior domínio de bola e com os olhos postos na baliza de Badreddine, contudo foram os marroquinos que inauguram o marcador no primeiro remate à baliza, aos nove minutos, quando Malik bateu Matt Jones, depois de uma perda de bola de Miguel Rosa, no meio campo.

Assentes em “5x3x2”, os pupilos de John Toshack apostaram claramente em jogadas de contra-ataque e ampliaram o marcador aos 37 minutos por intermédio de Hajhouj, com uma "bomba" de fora da área. Antes, os marroquinos tinham tido já duas oportunidades, mas Matt Jones defendeu os remates de Malik e Hajhouj.

No segundo tempo o Belenenses, que se apresentou com a camisola alternativa (azul turquesa), entrou mais determinado e encostou os marroquinos no último terço do terreno. Com 10 elementos atrás da linha da bola, a equipa de Casablanca tapou todos os caminhos da baliza e "obrigou" o Belenenses a procurar o golo com remates de fora da área, como aconteceu com Rodrigo Dantas, Abel Camará e Tiago Silva, todos sem sucesso.

O tento de honra do Belenenses surgiu aos 89 minutos, quando Rodrigo Dantas, de livre direto, bateu Badreddine, com um remate magistral, de pé direito, que colocou a bola no canto superior esquerdo da baliza marroquina.

Jogo realizado no Estádio do Restelo, em Lisboa.

Belenenses - WAC Casablanca, 1-2.

Ao intervalo: 0-2.

Marcadores:

0-1, Evouna Malick, 09 minutos.

0-2, Reda Hajhouj, 37.

1-2, Rodrigo Dantas, 89.



Equipas.

Belenenses: Matt Jones, André Teixeira, Palmeira, João Afonso (Gonçalo Brandão, 46), Filipe Ferreira, Bruno China, Danielson (Rodrigo Dantas, 46), Fábio Sturgeon (Tiago Caeiro, 74), Abel Camará (Fábio Nunes, 76), Miguel Rosa (Tiago Silva, 64) e Deyverson.

(Suplentes: Filipe Mendes, Rafael Veloso, João Meira, Tiago Caeiro, Tiago Silva, Mailo, Gonçalo Brandão, Rodrigo Dantas, Daniel Martins e Fábio Nunes).

Treinador: Lito Vidigal.


WAC Casablanca: Benachour Badreddine, Atouchi Amine (Saidi Mohamed, 46), Amrani Hicham, Rabeh Youssef, Noussir Abdellatif (Rachdi Ali, 69), El Kordy Yassine (Yassine Lakhal, 63, Assoufi Bilal, 80), El Kartin Walid (Qasmi Ayoub, 53), Saidi Salaheddine (Nakach Brahim, 46), Berrabah Mohamed (Anas Asbahi, 63), Reda Hajhouj (Kone Bakary, 46, Loualji Nabil, 80) e Evouna Malik.

(Suplentes: Akid Mohamed, Anas Asbahi, Kone Bakary, Yassine Lakhal, Qasmi Ayoub, Nakach Brahim, Saidi Mohamed, Rachdi Ali, Loualji Nabil, Assoufi Bilal e Ouzal Hamza).

Treinador: John Toshack.

Árbitro: Hugo Miguel (Lisboa).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Nakach Brahim (69) e Deyverson (81).

Assistência: Cerca de 500 espetadores.

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevistada no Telejornal, a ministra da Saúde admitiu que reunir o consenso do PSD "não foi algo que tenha passado pelas preocupações do Governo".

A fronteira entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda continua a ser a maior dor de cabeça interna de Theresa May.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.