Rui Sampaio emprestado pelo Cagliari ao Olhanense

| Olhanense

Rui Sampaio ladeado pelo presidente Isidoro Sousa e pelo treinador Sérgio conceição
|

O médio transmontano ambiciona "algo mais do que a manutenção" para "um clube cumpridor" que o pode ajudar "a subir e a crescer como jogador"

Rui Sampaio, apresentado, esta segunda-feira, como o 11.º reforço do Olhanense, líder provisório da I Liga, diz que quer ajudar a equipa algarvia a atingir a permanência na prova "sem sobressaltos".

"Sei que o objetivo passa pela manutenção e quero ajudar a conseguir isso o quanto antes e sem muitos sobressaltos no final do campeonato. Vou trabalhar no máximo todos os dias para isso e, se vier algo mais do que a manutenção, será bom", palavras do médio, durante a sua apresentação oficial, no Estádio José Arcanjo.

Rui Sampaio, que chega a Olhão por empréstimo por uma época dos italianos do  Cagliari, confessou que, de todos os clubes em Portugal que o abordaram, "o Olhanense foi o que demonstrou maior interesse".

"É um clube cumpridor e com pessoas sérias e pode ajudar-me a subir e a crescer como jogador. O Olhanense é uma aposta minha e é acertada", acrescentou o médio, de 25 anos.

Depois de ter representado Desportivo de Chaves, Penafiel e Beira-Mar, Sampaio transferiu-se para o Cagliari, em janeiro, mas fez apenas seis jogos na liga italiana.

"Tive um período de adaptação de dois meses, fiz uns jogos e depois lesionei-me, e estive bastante tempo parado. Quando recuperei, a equipa estava a conseguir bons resultados e foi difícil entrar", recordou.

Apesar de tudo, Rui Sampaio diz ter aprendido bastante nos últimos meses:
"Taticamente aprendi muito e não foi por não ter jogado tanto que não cresci como jogador, até pelo contrário. A minha ambição passa por regressar", concluiu.

A informação mais vista

+ Em Foco

O criador dos óculos de realidade virtual está a desenvolver tecnologia que vai transferir jogos de vídeo para os campos de batalha.

Reunimos aqui reportagens sobre as forças de elite portuguesas, emitidas por ocasião dos 100 anos do Armistício que pôs fim à I Guerra Mundial.

    O coração de Lisboa foi palco do maior desfile militar dos últimos 100 anos no país, por ocasião do centenário do Armistício que pôs fim à I Grande Guerra.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.