Benfica segue em frente na "Challenge Cup" de voleibol

| Outras Modalidades

A equipa do Benfica levou de vencida os suíços do Biogas Volley Nafels cedendo apenas um "set"
|

O Benfica apurou-se para os 16 avos de final da "Challenge Cup".

A equipa encarnada recebeu e venceu os suíços do Biogas Volley Nafels, por 3-1, em jogo da segunda mão da segunda ronda da prova.

Depois de ter vencido fora os helvéticos, por 3-0, o Benfica entrou mal no jogo e no primeiro parcial o treinador José Jardim foi obrigado a pedir um "time-out" logo aos três minutos, numa altura em que as "águias" perdiam por 5-1.

O acerto dado surtiu efeito e os reajustes no momento defensivo do bloco também, por isso, aos 12 minutos, os campeões nacionais adiantaram-se no "set", tendo acabado por vencer por 25-17.

No segundo jogo, o Biogas Volley Nafels não mostrou resistência suficiente para se opor ao conjunto luso, conquistando pontos quase exclusivamente na sequência de erros dos encarnados, nomeadamente nos serviços, acabando por claudicar por 25-15, oferecendo logo aí o apuramento para a ronda seguinte ao Benfica.

Com 5-0 que se verificava no conjunto dos parciais das duas partidas e sem possibilidade de fazerem a reviravolta, os suíços acabaram por conquistar o tento de honra no terceiro parcial (25-16), quando o Benfica aproveitou para rodar o seis em campo.

José Jardim insistiu em manter este seis alternativo - Roberto Reis, Danilo Gelinsky, João Oliveira, Joan Diaz, Mart Van Werkhoven e Ivo Casas - no quarto e último "set", que os encarnados triunfaram, por 25-20.

A informação mais vista

+ Em Foco

A Girl Move Academy existe há quatro anos com o objetivo de criar uma geração de mulheres líderes. É um “movimento de capacitação e investimento da mulher”.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      A menos de 100 quilómetros da fronteira com a Síria, a cidade turca de Gaziantep é uma terra de tradições e sabores.

      Fotografias da autoria do artista berlinense Martin Dammann lançam luz sobre o lado mais obscuro da Wehrmacht.