Última Hora
Bombeiros combatem incêndio próximo de habitações em Alcabideche

Vicente Araújo aponta a futuro promissor do voleibol feminino português

por Lusa
FPVoleibol.pt

O recém-reeleito presidente da Federação Portuguesa de Voleibol (FPV), Vicente Araújo, destacou hoje a juventude da seleção portuguesa de voleibol feminino, que conquistou no domingo a European Silver League, antevendo um futuro promissor.

“É o reconhecimento de que o voleibol feminino se está a afirmar e aponta a um futuro promissor. Temos ainda muito para crescer, mas dentro de um anos ou dois teremos equipa para lutar com as mais fortes”, afirmou Vicente Araújo, em declarações à Lusa, sobre a conquista do primeiro titulo internacional no voleibol feminino.

O presidente da FPV destacou, apesar da juventude da seleção, a capacidade demonstrada em lidar com as adversidades, como ficou patente no jogo de domingo, em que as atletas tiveram a calma necessária para recuperar de desvantagens e vencer.

“Apesar de jovens, já demonstraram saber estar no jogo. Com personalidade, maturidade e disponibilidade mental para aguentar a pressão. São tecnicamente evoluídas, taticamente já sabem interpretar o jogo, o que demonstra que temos equipa. Temos gente e o futuro é promissor”, disse.

Vicente Araújo considerou que “dentro de um ou dois anos Portugal terá uma equipa feminina de voleibol muito forte” e que isso dará “uma segurança para a qualificação para o Campeonato da Europa de 2026”, que se inicia em agosto.

Após a derrota por 3-0 na primeira mão da final, em Santo Tirso, a seleção portuguesa venceu a Finlândia, em Tampere, no domingo, por 3-1, levando a decisão para um ‘golden set’ de desempate, que lhe sorriu por 23-21.

Esta foi a quarta vez consecutiva em que Portugal disputou a fase decisiva (final a quatro) da European Silver League, desde que esta competição foi criada, em 2018.

Em 2023, Portugal venceu o Montenegro e subiu ao terceiro degrau do pódio, na Áustria, em 2022, terminou em segundo após perder com a anfitriã Suécia na final, em Lund, depois de no ano anterior ter sido quarta classificada.

Com a conquista da Silver League, na qual demonstrou enorme personalidade, após recuperar de uma desvantagem de 3-0 no primeiro jogo e de 1-0 no encontro da segunda mão, a seleção portuguesa ganhou o direito de participar na Golden League em 2025.
PUB