Play - Quando os Lobos Uivam
ep. 11 49m

Séries Nacionais

Streit dá as suas ordens para a fase seguinte da plantação. O Inspector, que assiste, faz-lhe ver que o local em questão não é baldio, é sim a terra do Teotónio Louvadeus.
Labão especula sobre o anunciado casamento de Jaime com a filha do comunista da terra. Em Arcabuzais, Jaime prova o fato de casamento. Jaime, em vésperas de casar, desencantado com a vida. A ausência do pai. A miséria que todos enfrentam. Jaime irá viver para a casa de Rosa que também continua sem notícias do pai, fugido à polícia.
Também na taberna se tecem considerações sobre a pobreza e o ouro prometido de Manuel Louvadeus. Convidado para o casamento de Jaime, decidiu chegar um dia mais cedo. Vem declarar-se a Jorgina, quer casar o quanto antes, não quer esperar mais. Jorgina aceita. Beijam-se apaixonados. São surpreendidos por Filomena. Jorgina dá a notícia e Fontalva oficializa o pedido. Filomena desespera com a perspectiva de ficar sozinha. O jovem casal vai à Rochambana pedir a bênção ao velho Louvadeus.
Jaime convida Rigoberto para seu padrinho. No regresso, é interpelado por Labão que lhe faz sentir o seu desagrado e surpresa por não ter sido convidado. À noite, em pleno mato, Pirraça organizou um reencontro familiar. Traz Rosa e Rosa Maria. Do escuro, aparece João Rebordão. Matam-se saudades.
O casamento de Jaime e Rosa é bonito e discreto. Fazem festa na Rochambana. Quando já todos partiram, noite cerrada, à luz da fogueira, Teotónio desabafa com Rigoberto a sua profunda tristeza. Já passou muito tempo sobre os seis meses prometidos por Manuel Louvadeus. Pressente que não voltará a ver o filho. No dia seguinte, Jorgina despede-se. Vai para Lisboa com o engenheiro. Na vila, tal como outros homens, também Nacomba está de partida. Vem Pirraça despedir-se. Nacomba fecha a taberna.

duração total 49m
posição atual:
ir para o minuto:

episódios disponíveis

411586

Instale a aplicação RTP Play

Disponível para iOS, Android, Apple TV, Android TV e CarPlay