Posi�ao Corrente: minutos e segundos
Ir para o Minuto:
Play - Cook Off - Duelo de Sabores

Cook Off - Duelo de Sabores

Em São Miguel, Açores: Terceira e Pico | 21 Jun, 2015 | Episódio 6

Neste programa voamos para os Açores! O chef Cordeiro vai andar pela ilha Terceira e o chef Kiko pela ilha do Pico.
Cordeiro chega ao local do casting em Angra do Heroísmo, num carro antigo para ir deliciar-se com alcatras, caldeiradas, pudim Conde da Praia e bolinhos Dona Amélia. A escolha foi difícil mas o chef lá consegue fechar dois concorrentes para a sua equipa. Neste mesmo casting, Cordeiro seleciona mais dois concorrentes para um desafio, em que têm de criar uma salada com ingredientes locais. O chef ainda não está satisfeito, por isso vai à procura de um especialista em polvo. Depois do desafio, está fechada a equipa de Angra!
Na ilha do Pico, Kiko chega num barco semi-rígido à Madalena, pronto para provar iguarias várias como bolos de cebolinho, caldeirada, carne de molha, linguiça com inhame. Kiko fecha 3 elementos e ainda vai à procura de um especialista em sopa de peixe. Encontrado o último elemento, o chef Kiko está pronto para o Cook Off!
Antes da grande competição, desta vez é Catarina quem vai levar os chefs a conhecer produtores locais, em São Miguel. Cordeiro e Kiko fazem as pazes por um bocadinho para ir conhecer o chá Gorreana e saber como se faz o queijo fresco, de forma artesanal, com direito a ordenha e tudo.
Tudo pronto para o duelo, em São Miguel, junto às portas da cidade. A equipa da Madalena e a equipa de Angra do Heroísmo vão apresentar seus menus aos chefs e à convidada dos Açores: a fadista Kátia Guerreiro. O júri prova tudo e aplica os critérios do costume: tradição, inovação e qualidade. Quem vencerá esta saborosa batalha açoreana?
Catarina Furtado, o Chefe Cordeiro e o Chefe Kiko levam-nos numa viagem, de norte a sul do país e ilhas, que tem como objetivo encontrar os melhores sabores de Portugal.
Nos 13 episódios de "Cook Off - Duelo de Sabores", os dois conceituados nomes da cozinha nacional disputam entre si a confeção de pratos com o melhor que existe nas várias regiões de Portugal, para a sua confeção contam com equipas constituídas por elementos residentes na região. O objetivo é colocarem Portugal a cozinhar e revelar o que se cozinha de melhor nas suas regiões, para que numa prova final se apure a região com os melhores cozinheiros. No programa final vamos eleger a região mais saborosa de Portugal.
Ao longo dos programas, mantendo uma saudável competição gastronómica, os chefes e as suas equipas vão dar-nos a conhecer o melhor de cada região, no que toca a gastronomia, tradições e histórias locais.
Mas Catarina Furtado também terá uma palavra a dizer, pois será a mediadora desta competição gastronómica. Mostrar o país e as suas gentes, num concurso que pretende fazer de certa maneira, através da gastronomia, uma homenagem a Portugal.