Posi�ao Corrente: minutos e segundos
Ir para o Minuto:
Play - Cook Off - Duelo de Sabores

Cook Off - Duelo de Sabores

Semifinal Vila Nova de Gaia | 20 Set, 2015 | Epis�dio 12

O Duelo de Sabores chegou às semifinais! Estamos quase a saber quem vai ganhar o prémio da região mais saborosa de Portugal e o apetecível prémio de 20 mil euros. O cenário da primeira semifinal será a Baía de Cascais, onde serão apuradas duas equipas para a final. Numa primeira fase, as cinco equipas vão defrontar-se num Desafio Clássico, em que têm de confecionar o prato mais tradicional da sua região, em 60 minutos. As regiões em jogo serão Trás-os-Montes e Alto Douro, Açores, Norte Litoral, Minho e Madeira, acompanhados de respetivos embaixadores. Dina Aguiar, Kátia Guerreiro, Rui Reininho, Sofia Escobar e Fátima Lopes também vão pôr a mão na massa!
Os 3 jurados, Fátima Moura, chef Kiko e o chef Cordeiro vão avaliar os melhores sabores de cada região. Neste primeiro desafio, a região de Trás-os-Montes e Alto Douro passa para a final e a do Norte Litoral é eliminada.
Mas as surpresas não ficam por aqui. A segunda prova que as equipas têm de prestar é o Desafio Bacalhau da Noruega, uma total surpresa para as 3 equipas que ficam em jogo. Cada uma terá de escolher um elemento para seguir uma receita do chef Cordeiro em que o ingrediente principal é o bacalhau. A equipa que conseguir o resultado mais próximo do prato do chef, tanto visualmente como ao nível do sabor, ganhará uma vantagem de tempo para a prova seguinte.
Nesta semifinal, haverá uma terceira prova: o Desafio Moderno, em que as 3 equipas em jogo terão de recriar o prato que confecionaram na 1ª prova. O resultado deste desafio será o apuramento da região do Minho para a grande final, que se junta a Trás-os-Montes e Alto Douro.
Catarina Furtado, o Chefe Cordeiro e o Chefe Kiko levam-nos numa viagem, de norte a sul do país e ilhas, que tem como objetivo encontrar os melhores sabores de Portugal.
Nos 13 episódios de "Cook Off - Duelo de Sabores", os dois conceituados nomes da cozinha nacional disputam entre si a confeção de pratos com o melhor que existe nas várias regiões de Portugal, para a sua confeção contam com equipas constituídas por elementos residentes na região. O objetivo é colocarem Portugal a cozinhar e revelar o que se cozinha de melhor nas suas regiões, para que numa prova final se apure a região com os melhores cozinheiros. No programa final vamos eleger a região mais saborosa de Portugal.
Ao longo dos programas, mantendo uma saudável competição gastronómica, os chefes e as suas equipas vão dar-nos a conhecer o melhor de cada região, no que toca a gastronomia, tradições e histórias locais.
Mas Catarina Furtado também terá uma palavra a dizer, pois será a mediadora desta competição gastronómica. Mostrar o país e as suas gentes, num concurso que pretende fazer de certa maneira, através da gastronomia, uma homenagem a Portugal.