Bas Dost dá espetáculo no triunfo do Sporting sobre o Desportivo das Aves

| 1.ª Liga

Rúben Ribeiro e Bas Dost fabricaram o primeiro golo da partida
|

O Sporting recebeu e venceu este domingo o Desportivo das Aves por 3-0. Bas Dost foi a grande figura do jogo com três golos, num triunfo que valeu três pontos aos Leões e a liderança da Liga Portuguesa, à condição. A equipa de Jorge Jesus espera amanhã pela partida do FC Porto frente ao Estoril-Praia.

Num jogo de grande expectativa, após o feito inédito do Desportivo das Aves na Taça de Portugal, a equipa do Sporting encontrou um adversário que apostou na profundidade e velocidade de jogadores como Amilton e Salvador Agra para causar calafrios.

Aos 12 minutos, Alexandre Guedes correu pelo flanco esquerdo, solicitou Amilton com um passe diagonal, e o jogador brasileiro teve a oposição de Rui Patrício, que negou o golo aos visitantes, e colocou o esférico para lá da linha de fundo.

Seguiu-se nova investida de Salvador Agra, que depois de deixar Mathieu para trás, viu Rui Patrício roubar-lhe a bola.

Só aos 20 minutos o Sporting conseguiu alvejar a baliza de Quim com algum perigo, com um remate à figura de Piccini. Quatro minutos depois, o lateral italiano teve uma boa incursão pelo lado direito, cruzou e Bas Dost correspondeu com um cabeceamento perigoso ao lado.


Aos 31 minutos chegou o grande momento da primeira parte. Grande trabalho individual de Rúben Ribeiro sobre um adversário, o reforço ganhou espaço na área avense e cruzou de forma milimétrica para Bas Dost que não falhou o cabeceamento à frente de Quim.

Pouco depois Bruno Fernandes esteve perto do segundo golo dos Leões, com um grande remate fora da área. E aos 42 minutos, Amilton voltou a assustar Alvalade.


Solicitado pelo lado direito, Salvador Agra cruzou tenso para a área sportinguista e Amilton, deixando a marcação de Coates para trás, cabeceou com estrondo à barra da baliza de Rui Patrício.
Bas Dost continua a dar espetáculo
A segunda metade começou com o Sporting balanceado no ataque. Gelson Martins deu o primeiro aviso aos 50 minutos, e logo depois o internacional português sofreu uma falta de Vítor Gomes na área avense, com João Pinheiro a marcar grande penalidade.

Após recorrer ao VAR, o árbitro confirmou o penálti, e Bas Dost voltou a faturar frente a Quim. Guarda-redes para um lado, bola para o outro, e bis do avançado holandês na partida.


Com dois golos de desvantagem, o Desportivo das Aves tentou responder. Aos 58 minutos, Diego Galo teve espaço e cabeceou na área leonina. O esférico passou ao lado da baliza de Rui Patrício.

Perto dos 80 minutos, Bruno Fernandes voltou a tentar a meia distância. O jogador português rodou sobre o adversário, rematou mas o esférico passou muito por cima da baliza de Quim. Gelson também a sorte antes de ser substituído, mas voltou a falhar a baliza do Desportivo.

Depois dos dois golos decisivos sobre o Rio Ave, Arango teve um iniciativa individual no meio-campo leonino e tentou o remate de longe. Rui Patrício encaixou com facilidade o pontapé do colombiano emprestado pelo Benfica.


E a partida terminou com mais um golo de Bas Dost. O avançado holandês conseguiu o segundo hat-trick consecutivo na liga portuguesa, com uma finalização fácil, após cruzamento de Piccini. São já 19 golos na Liga Portuguesa, com o avançado a manter uma perseguição implacável a Jonas, que tem 21 tentos marcados.

Com um triunfo justo sobre o Desportivo das Aves, o Sporting alcançou a liderança da Liga Portuguesa, com 46 pontos, tendo mais um que o FC Porto, que joga amanhã, na Amoreira, frente ao Estoril-Praia.

Tópicos:

Bas Dost, Desportivo das Aves, I Liga, Sporting,

Pesquise por: Bas Dost, Desportivo das Aves, I Liga, Sporting,

A informação mais vista

+ Em Foco

A Girl Move Academy existe há quatro anos com o objetivo de criar uma geração de mulheres líderes. É um “movimento de capacitação e investimento da mulher”.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      A menos de 100 quilómetros da fronteira com a Síria, a cidade turca de Gaziantep é uma terra de tradições e sabores.

      Fotografias da autoria do artista berlinense Martin Dammann lançam luz sobre o lado mais obscuro da Wehrmacht.