Al-Nassr empata com último e arrisca ficar a nove pontos do Al-Hilal, de Jesus

por Lusa
Foto: Reuters

O Al-Nassr, sem Cristiano Ronaldo, empatou hoje 4-4 na receção ao último classificado da Liga saudita de futebol, o Al-Hazem, na 22.ª jornada, e arrisca ficar a nove pontos do líder Al-Hilal, de Jorge Jesus.

A equipa orientada pelo português Luís Castro, que não contou com Cristiano Ronaldo, punido com um jogo de suspensão devido a um gesto que fez na partida frente ao Al-Shabab, esteve sempre na frente do marcador, mas permitiu que o seu adversário ‘respondesse na mesma moeda’ a cada golo que sofria.

No entanto, o Al-Nassr chegou ao intervalo a vencer graças a um golo do brasileiro Anderson Talisca e nada fazia prever a segunda parte louca a que se assistiu, com a defesa da casa a ‘meter água a rodos’, sofrendo golos consentidos de uma forma inexplicável.

O Al-Hazem empatou aos 55, por Al Mhemaid, mas Talisca voltou a pôr a sua equipa na dianteira, aos 62, vantagem que duraria apenas quatro minutos, visto que o avançado português Tó Zé, ex-FC Porto, restabeleceu o empate, aos 66.

Era noite de inspiração de Talisca, que consumou o ‘hat-trick’ aos 72 minutos, o que não impediu o Al-Hazem de fazer o 3-3 aos 85, pelo médio das Ilhas Comoros Faiz Selemani, nem o Al-Nassr de chegar ao 4-3, através de um penálti cobrado pelo internacional senegalês Sadio Mané, aos 90+1.

O desfecho da partida parecia consumado, mas eis que a defesa do Al-Nassr voltou a ‘meter água’, num pontapé de canto, permitindo, mais uma vez, que a bola cruzada para a área batesse no relvado e ressaltasse para o central brasileiro Paulo Ricardo estabelecer o resultado final, aos 90+10.

O jogo contou com dois portugueses, Otávio pelo Al-Nassr, e Tó Zé, pelo Al-Hazem.

Após este empate, o Al-Nassr arrisca ver o líder Al-Hilal, de Jorge Jesus, que recebe o Al-Ittihad na sexta-feira, aumentar a vantagem na liderança para nove pontos, caso vença essa partida, a 12 jornadas do fim do campeonato.
pub