Celtic, de Paulo Bernardo, sagra-se tricampeão na Escócia

por Lusa
Reuters

O Celtic, que conta com o português Paulo Bernardo, sagrou-se esta quarta-feira tricampeão escocês de futebol, conquistando o 12.º campeonato dos últimos 13, após golear no campo do Kilmarnock (5-0), na 37.ª e penúltima jornada.

Ao todo, no futebol escocês, o emblema de Glasgow, conhecido como os ‘protestantes’, somou o 54.º título no seu país, desta vez no regresso do técnico norte-irlandês Brendan Rodgers, que já tinha encontrado sucesso na primeira passagem, entre 2016 e 2019.

O médio Paulo Bernardo, emprestado pelo Benfica, confirmou o estatuto de suplente utilizado que teve praticamente em toda a temporada e, perante o Kilmarnock, rendeu aos 74 minutos o dinamarquês Matt O'Riley, que foi a figura da partida com um ‘bis’ e uma assistência.

O japonês Maeda, ex-Marítimo, o irlandês Idah e James Forrest também assinaram o seu nome na lista de marcadores na partida que confirmou o terceiro título seguido do Celtic, que soma 90 pontos, mais seis do que o Rangers, segundo classificado, quando falta uma ronda para o final da competição.

Apenas o Rangers quebrou este ciclo, em 2020/21, e é preciso recuar até 1984/85 para encontrar um título de um emblema fora de Glasgow, entre Rangers e Celtic, com o Aberdeen a ter sucesso sob o comando de Alex Ferguson, que viria mais tarde a ser o lendário técnico do Manchester United.

Esta temporada, o Celtic vai anda disputar a final da Taça da Escócia, precisamente frente ao eterno rival Rangers.
pub