City e Alonso vencem Globe Soccer Awards europeus

por Lusa
EPA

O Manchester City e o espanhol Xavi Alonso foram distinguidos como melhor clube de futebol e treinador nos Globe Soccer Awards europeus. Os representantes de Portugal não foram galardoados em nenhuma categoria.

Na ilha da Sardenha, em Itália, Sporting e Rúben Amorim integravam a lista de nomeados para os galardões de melhor equipa e treinador, respetivamente, assim como os internacionais Bernardo Silva, para melhor futebolista do ano, e João Neves, para prémio de jogador promessa.

O campeão nacional português, representado na ilha transalpina pelo presidente Frederico Varandas, viu o Manchester City, tetracampeão de Inglaterra, ser o escolhido após uma votação que decorreu online.

Rúben Amorim, que assegurou o segundo título ao serviço dos ‘leões’, figurava numa lista de 10 treinadores, mas o espanhol Xabi Alonso foi o mais votado para melhor técnico, por culpa da conquista da Liga alemã e da Taça da Alemanha ao serviço do Bayer Leverkusen.

Na categoria jogador promessa, o benfiquista João Neves perdeu o ‘cetro’ para espanhol Lamine Yamal, do FC Barcelona, que também foi distinguido como melhor sub-23 da Liga espanhola.

Por fim, Bernardo Silva, do Manchester City, também acabou por não eleito como melhor futebolista, com a escolha a recair no francês Kylian Mbappé, atualmente sem clube, depois de sete épocas no Paris Saint-Germain.

Na cerimónia esteve presente o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), que enalteceu as nomeações dos três portugueses e do clube lisboeta.

“É a marca do talento português no futebol europeu e mundial. Têm sido recorrentes estas nossas presenças institucionais, é bom sinal, um sinal de afirmação do futebol português e do talento que vamos produzindo ano após ano”, manifestou o também presidente da Associação de Ligas Europeias, citado pela assessoria da LPFP.
pub