DAZN mantém direitos da Liga dos Campeões, SportTV com primeiras escolhas

por Lusa
José Coelho - EPA

A DAZN anunciou que vai continuar a transmitir a Liga dos Campeões de futebol, juntando-lhe ainda a Liga Europa e a Liga Conferência, com a SportTV a ter direito de primeira escolha por jornada.

Em comunicado, a empresa, que em Portugal opera os canais Eleven, anuncia ter garantido “em exclusivo 489 jogos por época das três competições da UEFA” entre 2024 e 2027, além da Youth League, competição para os escalões jovens.

Nos próximos três anos, transmitirão 166 partidas da principal competição de clubes, "em direto e em exclusivo", a que se somam 323 jogos entre Liga Europa e Liga Conferência, detalham na nota divulgada às redações.

Na prática, a plataforma transmitirá grande parte das partidas destas três provas, excluindo primeira e segunda escolhas de jogos na Champions League, e primeira escolha nas outras duas, direito que estará nas mãos da SportTV.

Antes deste comunicado, e contactada pela Lusa, fonte oficial da empresa salientou que a SportTV ganhou o pacote de "jogos mais importantes" da competição a partir da próxima época (2024/2025).

Terá a possibilidade, assim, de escolher os jogos que considerar mais relevantes para o mercado português, que terá duas equipas na Liga dos Campeões a partir do próximo ano – nesta temporada estão na fase de grupos Benfica, FC Porto e Sporting de Braga, com o Sporting na Liga Europa.

Fonte da SportTV, que não tinha jogos da Champions desde 2018, quando a Eleven adquiriu os direitos, disse ainda à Lusa ter garantido também os direitos das finais da prova e da Supertaça Europeia, além dos resumos – que a DAZN também terá.

De resto, a temporada 2024/25 será a primeira com um novo formato de competição nestas provas, com a Liga dos Campeões alargada a 36 equipas, cada uma disputando vários jogos num formato de liga única antes da fase a eliminar, em vez das ‘poules’ até aqui estabelecidas.

Os clubes disputarão 10 encontros na primeira fase, oito na Liga Europa e seis na Conferência, numa alteração muito debatida, que favorece os principais campeonatos nacionais europeus.
pub