Manchester City está a um passo do "tetra"

por Mário Aleixo - RTP
Os "citizens" deram um passo decisivo para a conquista do título de campeão Reuters

O Manchester City está muito perto de se tornar a primeira equipa inglesa a conquistar quatro campeonatos de futebol consecutivos, depois de ter assumido a liderança isolada da Premier League, com uma vitória por 2-0 em casa do Tottenham.

Em jogo em atraso da 34.ª jornada da Premier League, o norueguês Erling Haaland voltou a emergir com a grande figura da formação comandada por Pep Guardiola, ao assinar os dois golos do triunfo e reforçando ainda mais o estatuto de melhor marcador da prova, com 27 tentos.

O avançado inaugurou o marcador aos 51 minutos e iria fixar o resultado ao 90+1, ao converter uma grande penalidade cometida pelo ex-sportinguista Pedro Porro sobre Doku. 

Contudo, pouco antes, o Tottenham esteve pertíssimo de empatar (e, curiosamente, até ajudar o seu histórico e principal rival, Arsenal), não fosse uma defesa decisiva de Stefan Ortega (rendeu Ederson no decorrer do segundo tempo) quando Son lhe apareceu isolado pela frente.

Acertado o calendário, o City, que contou com os portugueses Rúben Dias e Bernardo Silva a tempo inteiro, saltou para a liderança isolada, com 88 pontos, mais dois do que o Arsenal, segundo, ficando em posição privilegiada para conquistar novamente o título, no domingo, na 38.ª e derradeira ronda.

Os "citizens", que podem tornar-se o primeiro clube a vencer quatro campeonatos consecutivos em Inglaterra, em 135 anos de competição (desde 1992/93 designada como Premier League), recebem o West Ham, enquanto os "gunners" jogam em casa diante do Everton, ambos às 16h00, sendo certo que um triunfo da equipa de Manchester permitir-lhe-á conquistar o troféu, independentemente do que acontecer na capital inglesa.

Por outro lado, um empate ou derrota do City, aliado a uma vitória do Arsenal fará dos londrinos campeões, uma vez que, em caso de igualdade pontual, o conjunto de Mikel Arteta tem vantagem na diferença de golos, o primeiro critério de desempate em Inglaterra.

Quem saiu beneficiado com a derrota do Tottenham foi o Aston Villa, que garantiu automaticamente o quarto lugar e a presença na próxima edição da Liga dos Campeões, tendo cinco pontos de avanço para os "spurs’" quintos colocados, com apenas uma ronda por disputar.

Desta forma, o emblema de Birmingham, campeão europeu em 1981/82, acompanhará Manchester City, Arsenal e Liverpool na próxima edição da principal competição europeia de clubes, a que não acedia há mais de 40 anos, desde 1982/83.

pub