Última Hora
Euro2024. Portugal sofre mais vence Chéquia por 2-1

Portugal está nas meias-finais do Europeu de sub-17

por RTP
Rodrigo Mora aponta às meias-finais do Europeu FPF

Portugal apurou-se hoje para as meias-finais do Europeu de sub-17 de futebol, a decorrer no Chipre, com um justo triunfo por 2-1 sobre a Polónia, numa partida em que a vitória da seleção lusa devia ter sido mais dilatada.

No Estádio Antonis Papadopoulos, em Larnaca, Eduardo Felicíssimo, aos cinco minutos, e Rodrigo Mora, aos 59, fizeram os tentos da equipa de João Santos, com Michael Izunwanne, pelo meio, aos 34, a dar ainda esperança aos polacos.

Após o desaire com a França (2-1) na despedida do Grupo D, Portugal regressou aos triunfos e tem lugar marcado nas meias-finais, em que vai defrontar a Sérvia, em 02 de junho.

A única má noticia do dia para a seleção lusa é a ausência de Geovany Quenda no duelo com os sérvios, devido a castigo, após ter recebido um cartão amarelo perante a Polónia.

Ainda o jogo estava no início e já Portugal vencia com um belo golo de Eduardo Felicíssimo, que atirou com sucesso de fora da área, deixando a equipa de João Santos com o controlo de partida, mas sem conseguir aumentar a diferença no marcador.

Já depois de duas oportunidades de Eduardo Fernandes e uma de Gabriel Silva, a Polónia subitamente reentrou na disputa pelo apuramento, com Michael Izunwanne a aproveitar o desperdício luso.

Tudo empatado ao intervalo, apesar de várias oportunidades para Portugal, incluindo duas bolas nos ‘ferros’, mas Rodrigo Mora, aos 59 minutos, consumou o domínio luso, naquele que seria o golo decisivo para a passagem.

Sem necessidade, e com mais oportunidades perdidas até final (Gabriel Silva falhou isolado), Portugal acabou por sofrer a pressão da Polónia, que procurou com força o empate, mas resistiu e marcou encontro com a Sérvia.

Na outra meia-final, a Dinamarca vai defrontar o vencedor do duelo entre Itália e Inglaterra, que fecham ainda hoje os ‘quartos’.

Jogo no Estádio Antonis Papadopoulos, em Larnaca (Chipre).

Portugal – Polónia, 2-1.

Ao intervalo, 1-1.

Marcadores:

1-0, Eduardo Felicíssimo, 05 minutos

1-1, Michael Izunwanne, 34

2-1, Rodrigo Mora, 59

Equipas:

- Portugal: Diogo Ferreira, Edgar Mota, Rui Silva, Rafael Mota (Afonso Sousa, 45), Martim Cunha, Eduardo Felicíssimo, João Simões (David Daiber, 59), Rodrigo Mora (Tiago Ferreira, 88), Geovany Quenda, Eduardo Fernandes (Cardoso Varela, 59) e Gabriel Silva (Afonso Patrão, 88).

(Suplentes: Miguel Gouveia, Afonso Sousa, Duarte Soares, David Daiber, Tiago Ferreira, Afonso Meireles, Cardoso Varela, João Trovisco e Afonso Patrão).

Treinador: João Santos.

- Polónia: Mateusz Jelen, Dawid Szwiec, Kacper Potulski, Bartosz Kriegler (Bartosz Mazurek, 80), Dawid Mazurek (Michal Wroblewski, 62), Jakub Adkonis, Mateusz Dziewiatowski (Jan Leszczynski, 80), Dominik Sarapata (Igor Brzyski, 62), Mateusz Szczepaniak (Stanislaw Gieroba, 68), Oskar Pietuszewski e Michael Izunwanne.

(Suplentes: Mateusz Pruchniewski, Filip Baniowski, Wojciech Monka, Kamil Jakóbczyk, Bartosz Mazurek, Michal Wroblewski, Jan Leszczynski, Igor Brzyski e Stanislaw Gieroba).

Treinador: Rafal Lasocki.

Árbitro: Jasper Vergoote (Bélgica)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Mateusz Dziewiatowski (41), Geovany Quenda (52), Michal Wroblewski (74) e Stanislaw Gieroba (77).
pub