Rafael Leão denuncia insultos racistas nas redes sociais

por Lusa
EPA

O futebolista internacional português Rafael Leão denunciou hoje ter sido alvo de insultos racistas nas redes sociais, em mais um caso deste tipo de crime que tem assolado o campeonato italiano.

“Infelizmente o Mundo continua a ter pessoas com mente pequena…”, escreveu, em português, numa história na rede social Instagram, na qual denunciou a frase agressora.

Rafael Leão exibiu a mensagem, em italiano, do adepto prevaricador: “Não aguento mais ver-te em campo. Estou a tornar-me racista e tu estás a irritar-me. Vai embora o mais rapidamente possível. Tu e quem te segue”.

O atleta de 24 anos é apenas a mais recente vítima de racismo no futebol italiano, exatamente um mês após ter abandonado o campo, juntamente com os seus colegas do AC Milan, depois de o guarda-redes francês Mike Maignan ter sido visado por adeptos na visita à Udinese.

Neste caso, os adeptos foram identificados e o clube baniu-os.

O AC Milan solidarizou-se com Leão, garantindo estar ao seu lado e recordando que “no futebol não há lugar para o racismo”.

O belga Romelu Lukaku, Mario Balotelli e o ganês Kevin-Prince Boateng foram algumas das vítimas nos últimos anos no futebol transalpino, que se tem destacado no número de casos de racismo entre as principais ligas europeias.
pub