Arouca e Famalicão jogam separados por dois pontos

por Mário Aleixo - RTP
Arouca e Famalicão prometem um duelo escaldante Lusa

O Arouca recebe esta sexta-feira o Famalicão, na abertura da 23.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, num duelo entre duas equipas que estão a meio da tabela e separadas por apenas dois pontos.

O Arouca, que vinha de quatro vitórias consecutivas antes da derrota na jornada anterior frente ao Casa Pia, vai procurar regressar aos triunfos frente ao Famalicão, que interrompeu uma série de três jogos sem vencer ao bater o Rio Ave.

Os arouquenses estão atualmente no sétimo lugar da I Liga, com 28 pontos, mais dois do que os famalicenses, que estão em oitavo, mas com menos um jogo realizado.

O trio espanhol da frente de ataque do FC Arouca é, certamente, dos mais falados da Liga. Cristo González, Jason Remeseiro e Rafa Mujica mostram-se praticamente letais em frente às mais variadas balizas que lhes aparecem à frente. A presença dos três no onze inicial frente ao FC Famalicão é praticamente certa.

A principal novidade nos arouquenses deverá ser Mateus Quaresma que pode estar de regresso após lesão prolongada e Nino Galovic pode, eventualmente, voltar à titularidade. 

No que concerne aos minhotos, apesar das duas derrotas e um empate nos últimos cinco jogos, a turma famalicense mostra-se cada vez mais entrosada e alinhada com a visão de João Pedro Sousa. 

São vários os jogadores em risco, caso vejam amarelo neste duelo. Zaydou Youssouf, Martín Aguirregabiria, Riccieli, Gustavo Sá e Jhonder Cádiz podem falhar a receção ao Boavista na próxima jornada, caso sejam admoestados.

No jogo da primeira volta, disputado em setembro, o Famalicão bateu o Arouca em casa por 1-0, com um golo do defesa brasileiro Otávio, que se transferiu para o FC Porto na última reabertura do mercado.
pub