Em direto
Portugal comemora 50 anos da Revolução dos Cravos. Acompanhe ao minuto

Artrur Jorge diz que jogo com FC Porto não decide segundo lugar

por Lusa
Lusa

O treinador Artur Jorge considerou hoje que a receção ao FC Porto, no domingo, na 25.ª jornada da I Liga de futebol, não é decisiva para o Sporting de Braga na luta pelo segundo lugar.

Os bracarenses, terceiros classificados, estão a dois pontos dos 'dragões', o que o técnico não esquece, mas Artur Jorge considera que este jogo "não é decisivo, porque, mesmo vencendo", ficam a faltar muitos jogos até ao fim.

"Podíamos ter passado para segundo lugar no jogo de Guimarães (com o Vitória, derrota por 2-1) e não fomos capazes. Não é imperioso considerar este jogo como decisivo mesmo vencendo, porque ainda teremos nove finais pela frente depois", disse na conferência de imprensa de antevisão.

O treinador disse esperar "um FC Porto forte", considerando a equipa portista como a "mais combativa do campeonato".

"Vai apresentar-se com essa determinação. Temos que, pelo menos, igualar essa combatividade para poder vencer, que é o nosso objetivo", disse.

Artur Jorge frisou que o "equilíbrio será sempre a chave do sucesso"

"Temos tido sempre coragem e a equipa nunca me deixou ficar mal em termos de combatividade. Espero acima de tudo que tenha a capacidade de entender os momentos do jogo para corresponder ao que ele pede", disse.

O treinador lembrou que o Sporting de Braga "está muito próximo do segundo", mas também do quarto classificado, o Sporting: "temos que ser equilibrados nas nossas ambições em função do que são os nossos reais objetivos, que estão muito bem definidos e estamos dentro deles".

O FC Porto jogou terça-feira para a Liga dos Campeões, tendo sido eliminado pelo Inter de Milão, mas Artur Jorge entende que isso não deixará marcas nos 'dragões'.

"Estou à espera do melhor FC Porto, uma equipa experiente, com um plantel vasto e de grande qualidade. Esse jogo da Liga dos Campeões não terá nada a ver com o jogo de domingo. Já tivemos essa experiência (ser eliminados das competições europeias) e soubemos reagir e ser competentes no jogo seguinte", disse.

O treinador revelou ainda ter recusado uma proposta de um clube dos Emirados Árabes Unidos.

"Fui convidado, mas sei o trabalho e o tempo que tive para chegar aqui. Entendo que este é o projeto com o qual me comprometi, e comprometi também os jogadores, e que quero levar até ao fim. Quero continuar cá e recusei o que me foi proposto há muito pouco tempo atrás", disse.

Artur Jorge abordou também a primeira convocatória do novo selecionador nacional, Roberto Martínez, que deixou de fora o capitão bracarense Ricardo Horta.

"Temos todos de respeitar o trabalho do selecionador, sabemos que o Ricardo está inserido num lote de grande qualidade, fiquei triste por ele, mas percebemos as opções porque há muita qualidade. Só nos resta, treinadores e estrutura, apoiá-lo para que possa regressar brevemente à seleção", disse.

Niakaté e Paulo Oliveira estão recuperados das lesões e estão convocados para domingo.

Sporting de Braga, terceiro classificado, com 55 pontos, e FC Porto, segundo, com 57, defrontam-se a partir das 18:00 de domingo, no Estádio Municipal de Braga, jogo que será arbitrado por João Pinheiro, da associação de Braga.

pub