Casa Pia recebe Estoril Praia em jogo de aflitos na I Liga

por Mário Aleixo - RTP
O duelo repete-se entre "gansos" e "canarinhos" Lusa

O Casa Pia recebe esta segunda-feira o Estoril Praia, no fecho da 28.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, num duelo entre duas equipas que estão separadas por apenas dois pontos na tabela.

O Casa Pia, que vem de um triunfo frente ao Vizela (4-0), está no nono lugar, com 30 pontos, mais quatro do que o Portimonense (26), formação que está em lugar de disputa do play-off de manutenção.

Pela frente vai ter o Estoril Praia, equipa que vem de dois triunfos consecutivos, frente a FC Porto e Portimonense, ambos por 1-0, e que é o atual 14.º classificado do campeonato, com 28 pontos.

O Casa Pia apresenta-se sem Kiki Silva e Rafael Brito por lesão, além de Duplexe Tchamba - expulso frente ao Vizela -, o treinador Gonçalo Santos relembrou o "clube especial" que representa a equipa da Linha no seu trajeto de futebolista, ressalvando a vontade de derrubar a "estabilidade" trazida por Vasco Seabra. 

"É uma equipa muito forte na primeira fase de construção e com um jogo posicional característico", disse, antes de relembrar o duelo da primeira volta, que ditou a saída de Filipe Martins da equipa de Pina Manique: "Revi esse jogo, mas não me saiu da memória. Tudo correu bem ao Estoril Praia, que vinha de um bom momento, à imagem do momento atual. (...) O objetivo é não cometer os mesmos erros". 

Depois da goleada imposta em casa do Vizela, não se vislumbram grandes alterações no onze inicial casapiano, que se mantém inalterado desde a receção ao Benfica. A exceção deve passar apenas pela entrada de João Nunes, face à ausência de Duplexe Tchamba.

 "Canarinhos" conscientes das dificuldades

Já o Estoril, embora ligeiramente mais mergulhado na luta pela sobrevivência, chega a este desafio em altas. Ao triunfo tangencial ante o Portimonense, derrubou o FC Porto pela terceira vez na temporada e pretende igualar a melhor sequência de vitórias da época - três seguidas. 

Privado de Cabaco e Holsgrove por lesão, Vasco Seabra vê as opções mais curtas face à expulsão de Bernardo Vital e ao quinto amarelo exibido a Heriberto Tavares frente aos "dragões". A boa notícia é mesmo o regresso de Pedro Álvaro, provável substituto de Vital na defesa a três dos canarinhos, ficando também no ar a hipótese do retorno de Rafik Guitane, ausente na última partida. 

Na antevisão, o técnico Vasco Seabra previu um embate "difícil" ante uma equipa que "sofre poucos golos" e que "nos últimos jogos fez dez pontos". O técnico estorilista realçou também a boa fase da sua equipa: "Traz-nos, essencialmente, o fator confiança perante o que andávamos a fazer. Andávamos há algumas jornadas a dizer que os resultados não estavam a traduzir aquilo que nós produzimos".

O jogo está agendado para as 20h15, no Estádio Municipal de Rio Maior, "casa emprestada" do Casa Pia, e vai ter arbitragem de Miguel Nogueira.

A I Liga é liderada pelo Sporting, com 71 pontos, agora com quatro de vantagem, e menos um jogo, em relação ao Benfica, depois do triunfo por 2-1 no dérbi de sábado, enquanto o FC Porto é terceiro, com 58.

pub