José Couceiro antevê "jogo de qualidade" entre Vitória de Setúbal e Estoril-Praia

| Futebol Nacional

|

O treinador do Vitória de Setúbal, José Couceiro, acredita que o jogo de quinta-feira com o Estoril-Praia, da 16.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, reúne os ingredientes necessários para ser um espetáculo de qualidade.

"Vão estar em campo duas boas equipas, cuja classificação [os sadinos ocupam a última posição da tabela e os estorilistas a penúltima] não reflete a qualidade de ambas. Tem tudo para ser um jogo com qualidade entre equipas que vão procurar ganhar o jogo", disse em conferência de imprensa realizada no Estádio do Bonfim.

José Couceiro alertou para importância do duelo com a equipa do Estoril, recusando, no entanto, o caráter decisivo da partida.

"É importante vencer o jogo com o Estoril e sair da posição em que estamos. Ainda não estamos a falar de finais. Somarmos os três pontos não nos resolve nada, mas ajuda-nos a continuar numa fase positiva", admitiu.

O treinador não esconde que o triunfo sobre o Sporting de Braga (2-1) e o empate (2-2) com o Benfica, ambos na Taça da Liga, deram novo ânimo ao plantel.

"Os resultados positivos fazem sempre bem às equipas. Virmos destes resultados, com equipas fortes como o Sporting de Braga e o Benfica, é moralizador e é um indicador de que a equipa tem capacidade para fazer melhor", sublinhou.

Sem esquecer que o Estoril-Praia também ocupa uma posição difícil na classificação, José Couceiro salientou a necessidade dos seus jogadores terem níveis elevados de concentração.

"Precisamos de somar pontos para sairmos da posição em que estamos, mas sem perder o foco, a capacidade e o discernimento. Faltam 19 jogos para o final da Liga e temos também outras preocupações, como por exemplo, o facto de termos este mês temos seis a sete jogos em 28 dias", lembrou.

Confrontado com o duelo que a sua equipa vai ter com a Oliveirense na 'final four' da Taça da Liga, José Couceiro elogiou o adversário, confessando-se agastado com a pouca relevância dada ao triunfo sadino no grupo em que também estavam Benfica, Braga e Portimonense.

"A Oliveirense conseguiu o apuramento com muito mérito. Numa meia-final é 50-50 e vai merecer de nós toda a atenção. Pelo que li na imprensa nós não ganhámos o nosso grupo, foi o Benfica que o perdeu. O FC Porto, o Sporting e a Oliveirense ganharam os respetivos grupos, enquanto o Vitória beneficiou de o Benfica ter perdido o grupo", disse.

A direção do Vitória de Setúbal decidiu abrir as portas de forma gratuita do Estádio do Bonfim aos adeptos com o objetivo de os setubalenses comparecerem em número elevado nas bancadas, iniciativa que é aplaudida pelo treinador.

"É sempre importante para a equipa ter os adeptos no estádio. As equipas ganham uma força diferente se sentirem o apoio dos seus adeptos", disse.

O jogo da 16.ª jornada da I Liga entre o Vitória de Setúbal, 18.º e último classificado, com 10 pontos, e o Estoril-Praia, 17.º, com 11, está marcado para quinta-feira às 18:15, no Estádio do Bonfim, em Setúbal.

A informação mais vista

+ Em Foco

Passaram sete anos desde o início das “Primaveras Árabes”. Regimes mudaram, guerras civis rebentaram, houve conflitos que alteraram dinâmicas regionais e vazios de poder que deram origem a Estados falhados.

Veja ou reveja a primeira entrevista de Rui Rio depois de ter sido eleito presidente do PSD.

Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.