Länk Vilaverdense despede-se de Coimbra com vitória sobre o Penafiel após reviravolta

por Lusa

O Länk Vilaverdense despediu-se hoje de Coimbra com uma vitória sobre o Penafiel por 2-1, em jogo da 33.ª jornada da II Liga, com uma reviravolta no marcador, depois de estar a perder desde muito cedo.

No Estádio Cidade de Coimbra, que desde a 14.ª jornada serviu de casa à equipa do distrito de Braga, já despromovida à Liga 3, os golos foram apontados pelo penafidelense Rúben Pereira, aos cinco minutos, e pelos minhotos Bruno Silva e Boubacar, aos 65 e 89 minutos.

O Penafiel, que dominou praticamente durante toda a primeira parte, abriu o marcador aos cinco minutos, num golpe de cabeça de Rúben Pereira, no seguimento de um livre indireto.

A formação minhota tentou reagir, mas foi novamente a equipa duriense a estar próxima do golo, num remate de Chico Teixeira, na marcação de um livre direto, a que Carlos Paulo respondeu com uma boa defesa.

A melhor oportunidade do Länk Vilaverdense ocorreu em cima do intervalo, aos 44 minutos, por André Silva, que, já área, em posição frontal para a baliza, tentou um 'chapéu' ao guarda-redes Manuel Baldé, que desviou a bola pela linha final.

No segundo tempo, assistiu-se a um jogo repartido, com maior domínio do Länk Vilaverdense, que chegou ao empate aos 65 minutos por Bruno Silva, num lance em que o guarda-redes Manuel Baldé faz uma defesa incompleta e larga a bola, permitindo o remate certeiro do jogador da formação minhota.

Mais perigosa, a equipa do distrito de Braga somou várias oportunidades de golo, uma delas aos 76 minutos, por Sherwin, que a passe de Gonçalo Teixeira, rematou a rasar o poste, após desvio de um adversário.

Aos 89 minutos, Boubacar, que já tinha tentado sem sucesso o remate de longe, fez uma arrancada de vários metros e antes da meia-lua ‘dispara’ forte e colocado, levando a bola a entrar na baliza de Manuel Balde, que ainda tocou no esférico.

Com esta vitória, a oitava da época, o Länk Vilaverdense abandonou a última posição da II Liga, por troca com o Belenenses, ambos com 26 pontos [os minhotos foram punidos com a retirada de um ponto devido a atraso no pagamento de salários], enquanto o Penafiel mantém a 13.ª posição, com 38 pontos.



Jogo disputado no Estádio Cidade de Coimbra.

Länk Vilaverdense – Penafiel, 2-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Rúben, 05 minutos.

1-1, Bruno Silva, 65.

2-1, Boubacar, 89.



Equipas:

- Länk Vilaverdense: Carlos Paulo, Carlos Freitas (Jude, 87), Konaté, Batista (Laércio, 62), Armando (Maviram, 62), Lénio, Ericsson (Sherwin, 62), João Caiado, Boubacar, Bruno Silva (Momo Sacko, 90+3) e Gonçalo Teixeira.

(Suplentes: Rogério Santos, Laércio, Rohun, Momo Sacko, Maviram, Ansu Fati, Sherwin, Jude e Reum).

Treinador: Sérgio Machado.

- Penafiel: Manuel Baldé, Maga, João Miguel, Leandro (João Silva, 69), Rúben, Chico (Vieira, 69), Edu Pinheiro (Suker, 87), Reko (Batista, 69), Robinho, André Silva (João Oliveira, 81) e Gabriel Barbosa.

(Suplentes: Filipe Ferreira, Hugo Firmino, Suker, Adílio Santos, João Silva, João Oliveira, Batista, Diogo Brito e Vieira

Treinador: Hélder Cristóvão.



Árbitro: Sérgio Guelho (AF Guarda).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Konaté (41), Batista (50) e Reko (61).

Assistência: Cerca de 50 espetadores.
pub