Última Hora
Euro2024. Portugal sofre mais vence Chéquia por 2-1

Luís Silva do AVS suspenso por alegado racismo

por Lusa
Luís Silva (à direita na foto) está suspenso preventivamente Liga Portugal

O médio do AVS Luís Silva está suspenso preventivamente, por insultos alegadamente racistas na derrota frente ao Tondela (1-0), da última jornada da II Liga, segundo comunicado do Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Fonte conhecedora do processo confirmou hoje à Lusa a suspensão automática do jogador de 31 anos, devido às expressões consideradas racistas sobre o sul-africano Yaya Sithole, que motivaram a sua expulsão, aos 90+5 minutos do embate da 34.ª jornada do segundo escalão.

Em comunicado, o CD da FPF dá conta da instauração do processo, com caráter de urgência, sem detalhar o motivo, determinando que a suspensão preventiva não pode prolongar-se por mais de dois jogos oficiais.

A mesma fonte contactada pela Lusa confirmou ainda que o processo já foi remetido para a Comissão de Instrutores (CI) da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

Desta forma, Luís Silva pode falhar os embates do AVS, terceiro classificado da II Liga, frente ao Portimonense, 16.º e antepenúltimo da II Liga, no sábado, em Portimão, e, no dia 2 de junho, na Vila das Aves, no play-off de acesso ao principal escalão.

De acordo com o artigo 159.º do Regulamento Disciplinar da LPFP, “os jogadores que tenham comportamentos que atentem contra a dignidade humana, em função da raça, cor, língua, religião, origem étnica, género ou orientação sexual, são punidos com a sanção de suspensão a fixar entre o mínimo de dois meses e o máximo de dois anos e, acessoriamente, com a sanção de multa de montante a fixar entre o mínimo de 25 UC e o máximo de 125 UC (entre 2520 e 12.750 euros; 102 por cada unidade de conta)”.
pub