Bielorrússia é "muito forte", diz Selecionador de futebol de praia

por Lusa
Ezequiel Garrido on Unsplash

O Selecionador Nacional de futebol de praia, Mário Narciso, considerou hoje a Bielorrússia, adversária de Portugal nos quartos de final do Mundial, a decorrer no Dubai, “muito forte fisicamente” e “com dois ou três jogadores muito bons”.

“Não sabemos o que há a melhorar, porque não sabemos como o adversário irá abordar o sistema que nós temos implantado”, disse Mário Narciso na antevisão do encontro com a Bielorrússia, em declarações ao Canal 11.

Portugal apurou-se para os quartos de final do Mundial na segunda posição do Grupo D, atrás do Brasil, após ter derrotado na terça-feira por 3-2 a seleção de Omã. A Bielorrússia terminou invicta na primeira posição do Grupo C.

O Selecionador Nacional recordou que, no jogo de terça-feira, a equipa de Omã tinha “estudado bem” a forma de Portugal jogar, pelo que foi “muito difícil” implementar o 3x1, que é o sistema de jogo em que os lusos se sentem mais confortáveis.

“Penso que demos bem a volta à situação e depois fomos claramente superiores”, adiantou Mário Narciso, reconhecendo que a Bielorrússia irá provocar problemas, mas que a seleção portuguesa terá capacidade para dar a volta à situação.

O internacional português Bê Martins admitiu que a Bielorrússia “é um adversário muito difícil” e que a seleção portuguesa tem que estar ao melhor nível, concentrada a 100 por cento, para fazer um bom jogo e conquistar a vitória.

“Depois de passar a fase grupos é complicado, todas as equipas mereceram a classificação, fizeram por isso, então acredito que qualquer equipa seria forte”, referiu o ala Bê Martins, de 34 anos.

O jogador adianta que, frente à Bielorrússia, a Seleção portuguesa tem que estar ao melhor nível, fazer aquilo que tem treinado e tentar fazer golos quando tiver oportunidades.

Esta quinta-feira, Portugal defronta a seleção da Bielorrússia pelas 17:00 locais (13:00 em Lisboa) e o vencedor deste embate encontra, nas meias-finais do torneio, a decorrer nas areias do Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, a Itália ou o Taiti.
pub