Portugal vence Montenegro e dá importante passo na Silver League feminina de voleibol

por Lusa

A seleção portuguesa feminina de voleibol venceu hoje Montenegro 3-0, no segundo jogo no torneio 6 da European Silver League, o que abre boas perspetivas para a equipa nacional se qualificar para a 'final-four' da prova.

As portuguesas repetiram o triunfo e os números do embate de sexta-feira, frente à Islândia, mas, desta vez, frente a um adversário mais credenciado, que liderava a 'poule', mas que neste desafio não resistiu à superioridade lusa, espelhada nos parciais 25-23, 25-20 e 25-14.

Com este resultado, Portugal ascende ao segundo lugar da 'poule', agora com os mesmo 12 pontos da líder Hungria e de Montenegro, sendo que passam para as meias-finais da prova as duas primeiras classificadas deste grupo, sendo importante para a equipa portuguesa não ter perdido qualquer set nesta dupla jornada realizada em Santo Tirso.

Com esse objetivo em mente, as lusas começaram bem esta partida, construindo uma vantagem interessante, com um forte jogo no bloco e boa capacidade de remate, chegando um merecido 15-10.

No entanto, nessa fase, as comandadas de Hugo Silva quebraram com alguns erros e permitiram às rivais encurtarem para 16-15 e darem volta para 17-18, numa situação que acabou por ser corrigida na fase final do parcial, onde Portugal puxou dos 'galões' e fechou com a vantagem de 25-23.

O segundo set começou mais equilibrado, mas, aos poucos, as lusas voltaram a impor superioridade, 'cavando' uma vantagem de seis pontos, dominando as adversárias na rede e finalizando bem os ataques.

Apesar de ainda permitir à equipa dos Balcãs uma aproximação no marcador, a seleção nacional acabou, novamente, por se destacar na parte final do parcial, vencendo por 25-20.

Motivadas com estas duas boas prestações anteriores, as comandadas de Hugo Silva exploram o desgaste físico e anímico nas adversárias, para vincarem uma total superioridade no terceiro parcial, com um exímio jogo coletivo, para fecharem as contas do desafio com um esclarecedor 25-14.

No final da partida, o selecionador nacional Hugo Silva mostrou-se “orgulhoso pela prestação das atletas” e “confiante” que Portugal vai estar na final-four da prova, pelo segundo ano consecutivo.

“Em condições normais, e pelo que fizemos até aqui, vamos conseguir estar nas meias-finais. Caso não aconteça será uma tremenda injustiça. Esta equipa trabalhou muito, e apesar de ser ainda muito jovem, com atletas a jogarem primeira vez na equipa sénior, merece estar nas decisões finais”, disse o técnico.

Hugo Silva gostou da prestação da equipa frente a um “Montenegro muito experiente, que causou muitos problemas”.

“Foi preciso estarmos muito concentrados para superar uma equipa credenciada, que está à nossa frente no ranking mundial, o que valoriza ainda mais esta vitória. Espero que traga confiança para crescermos e evoluirmos o nosso jogo”, completou Hugo Silva.

Jogo no Pavilhão Municipal de Santo Tirso.

Portugal - Montenegro, 3-0 (25-23, 25-20, 25-14).

Sob arbitragem de Fernando Gonzalez (Espanha) e Rita Portela (Portugal), as equipas alinharam:

- Portugal: Amanda Cavalcanti, Mariana Garcêz, Ana Monteiro, Margarida Maia, Júlia Kavalenka e Matilde Rodrigues (líbero). Jogaram ainda: Joana Garcêz, Alice Clemente, Ana Figueiras, Maria Lopes, Raquel Silva (líbero), Kátia Oliveira e Marisa Pardal.

Selecionador: Hugo Silva

- Montenegro: Saska Djurovic, Marja Susic, Danijela Dzakovic, Simona Petrovic, Nevena Vukcevic e Melisa Cenovic (líbero). Jogaram ainda: Mina Dragovic, Lara Jovovic e Viktoria Djukic .

Selecionador: Milorad Krunic.

Assistência: Cerca de 1.000 espetadores.
pub