Sporting entra a vencer na Liga dos Campeões de andebol

| Outras Modalidades

|

O Sporting entrou domingo a vencer no grupo D da Liga dos Campeões de andebol, ao triunfar por 30-26 na visita aos turcos do Besiktas Mogaz HT.

O extremo Pedro Portela, com oito golos, foi o melhor marcador da equipa portuguesa, que ao intervalo vencia por apenas um golo de diferença (17-16).

Para a equipa portuguesa, marcaram ainda Ivan Nikcevic (6), Tiago Rocha (5), Michal Kopco (4), Edmilson Araúko (2), Felipe Borges (2) e Carlos Ruesga, Frankis Marzo e Janko Bozovic, todos com um golo cada.

Do lado da formação turca, que na próxima jornada defronta o HC Metalurg, da Macedónia, o melhor marcador foi Ramazan Done, com 10 golos.

O campeão português segue no grupo da frente, com os mesmos pontos (2) dos ucranianos do Motor Zaporozhye e dos franceses do Montpellier.

Na próxima jornada, agendada para o próximo domingo, o Sporting recebe o Motor Zaporozhye, que no sábado se impôs aos russos do Chekhovskie Medvedi, por 36-23.



Jogo realizado no Kocaeli Sehit Polis Recep, em Izmit, na Turquia

Besiktas Mogaz HT -- Sporting, 26-30

Ao intervalo: 16-17.



Sob arbitragem de Carlos Miklos Andorka (Hungria) e Robert Hucker (Hungria), as equipas alinharam e marcaram:

- Besiktas Mogaz HT (26): Taner Gunay (gr), Karatat Mehmet Dogukan (gr), Faruk Vrazalic (3), Nemanja Pribak (2), Marko Krsmancic, Josip Buljubasic, Mehmet Demirezen (1), Mihajlo Radojkovic (2), Tolga Ozbahar (4), Onur Ersin (2), Dogukan Keser, Tomislav Nuic (1), Mijo Tomic (1) e Ramazan Done (10).

- Sporting, Aljosa Cudic (gr), Manuel Gaspar (gr), Pedro Valdez, Pedro Portela (8), Michal Kopco (4), Bosko Bjelanovic, Cláudio Pedroso, Carlos Ruesga (1), Frankis Marzo (1), Tiago Rocha (5), Francisco Tavares, Edmilson Araújo (2), Ivan Nikcevic (6), Janko Bozovic (1) e Felipe Borges (2).

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à RTP, o candidato derrotado nas diretas do PSD diz que o partido deve serenar após o Congresso e admite que vai ser “muito difícil ganhar eleições" no quadro atual.

Nicolás Maduro quer alargar poderes e, para tal, leva a cabo eleições antecipadas. É um "golpe constitucional", na leitura de Filipe Vasconcelos Romão, comentador da Antena 1.

Abrir uma torneira e vê-la jorrar água. É um ato tão comum que nunca imaginamos um dia em que tal quadro possa desaparecer. Algo que está prestes a tornar-se realidade na África do Sul.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.