Direto
Final da Taça de Portugal. Acompanhe em direto este jogo com a RTP e a Antena 1

Três portugueses em finais do primeiro dia dos Europeus de natação paralímpica

por Lusa

Os nadadores portugueses Marco Meneses, com novo recorde nacional, e Diogo Cancela garantiram hoje presença em finais dos Europeus de natação paralímpica, que decorrem no Complexo de Piscinas Olímpicas do Funchal, na Madeira.

Nas finais do primeiro dia de competição, agendadas para a tarde, participa também Daniel Videira, que disputará a final direta dos 100 metros costas S6.

Nas eliminatórias da manhã, Marco Meneses nadou os 50 metros livres S11 (deficiência visual) em 27,13 segundos, batendo o anterior recorde nacional (27,47), que já lhe pertencia.

Marco Meneses, nadador paralímpico do CRASTO – Castro Daire, parte para final com quarto tempo - a melhor marca (26,71 segundos) pertence ao lituano Edgaras Matakas.

Nas eliminatórias dos 400 metros livres S8, Diogo Cancela conseguiu o terceiro tempo da sua série, 4.39,50 minutos, e parte para a final agendada para a tarde, com a quinta melhor marca.

O recordista português da distância (4.36,27 minutos), que não tem o braço esquerdo, ficou a 3,28 segundos do mais rápido da eliminatória, o israelita Mark Malyar (4.36,22).

Tomás Cordeiro obteve o 10.º tempo nas eliminatórias dos 100 metros bruços SB9, nadando em 1.13,16 minutos, e ficou fora da final, na qual o último a garantir presença foi o russo, que compete sob bandeira neutra, Dmitri Grigoyev (1.12,28).

Na natação paralímpica, os nadadores com deficiências locomotoras são agrupados nos diversos estilos de acordo com as suas capacidades funcionais, através de avaliações, nomeadamente, da força muscular, coordenação e limitação de movimentos.

O número da classe é antecedido pela letra S (Swimming), sendo que as classes S1 a S10 agrupam nadadores com limitações físico-motoras, as classes entre 11 e 13 nadadores com deficiência visual e a classe S14 é exclusiva para atletas com deficiência intelectual.
pub