Última Hora
Euro2024. Portugal sofre mais vence Chéquia por 2-1

Xander Schauffele vence PGA Championship em golfe

por Lusa
Xander Schauffele dominou em Louisville Tannen Maury - EPA

O norte-americano Xander Schauffele conquistou no domingo o seu primeiro "major" de golfe, ao vencer o PGA Championship, em Louisville, nos Estados Unidos, com o menos número de pancadas de sempre num torneio do Grand Slam.

O campeão olímpico em Tóquio2020 encerrou o segundo "major" do ano, que dominou desde a primeira volta com 65 pancadas na última volta, com 263 golpes, 21 abaixo do par e menos um do que o seu compatriota Bryson DeChambeau, segundo classificado, e menos três do que o norueguês Viktor Hovland.

O também norte-americano Collin Morikawa, que iniciou a quarta volta ao campo do Valhalla Golf Club, em Louisville, no estado do Kentucky, empatado com Schauffele caiu para o quarto lugar, em igualdade com o belga Thomas Detry, após entregar um cartão com 71 pancadas.

Xander Schauffele, de 30 anos, tornou-se no primeiro golfista desde Phil Mickelson em 2005 a vencer o PGA Championship com um "birdie" (uma abaixo do par) no último buraco para vencer com uma vantagem de um.

Schauffele tinha iniciado a igualar um recorde, juntando-se ao restrito lote de golfistas com 62 "shots" em voltas de torneios "major", do qual já faziam parte Rickie Fowler (no US Open em 2023) e o sul-africano Branden Grace (no British Open em 2017).

Fechou a 106.ª edição do PGA Championship com outro registo histórico, terminar um "major" em 263 golpes, menos uma pancada do que os anteriores recordes que estavam na posse de Brooks Koepka, no PGA Championship de 2018, em Bellerive, e Henrik Stenson, no British Open de 2016, em Royal Troon.

Scottie Scheffler, líder do ranking mundial e vencedor do Masters, de Augusta, primeiro "major" do ano, não foi além do oitavo lugar no torneio, depois de, na sexta-feira, ter sido detido, por ter tentado passar uma barreira policial, colocada após um acidente, a caminho do campo.

pub