Euro sub-17. Portugal dá a volta e vence Espanha no arranque da competição

por Lusa
Foto: Miguel A. Lopes - Lusa

A seleção portuguesa de futebol sub-17 deu terça-feira a volta para vencer a Espanha, por 2-1, na estreia do Grupo D do campeonato da Europa, que decorre no Chipre.

Os espanhóis adiantaram-se no marcador por Daniel Yañez, aos 20 minutos, contudo, os lusos recuperaram ainda na primeira parte, com golos de Cardoso Varela, aos 25, e de Rodrigo Mora, aos 33.

Depois de o capitão Quim Junyent ter ameaçado o golo, com remate aos 15 minutos, que ainda roçou no poste, Daniel Yañez, aos 20, materializou em golo o ascendente espanhol, em livre direto na direita, ao primeiro poste, apanhando desprevenido Diogo Ferreira, que esperaria o cruzamento.

Os lusos saíram da pressão, avançaram no terreno e, aos 25 minutos, Cardoso Varela, de apenas 15 anos, correu na esquerda, entrou na área e atirou ao poste mais distante, igualando a 1-1.

A formação orientada por João Santos estava agora por cima e consumou mesmo a reviravolta, quando Gabriel Silva desmarcou Rodrigo Mora, que fez um compasso de espera para atirar, colocado, entre dois defesas, fazendo o 2-1.

A etapa complementar principiou com remate do recém-entrado David Otorbi ao ferro, aos 46, com os portugueses responderam aos 66, em desvio de cabeça de Manu González, lance que ditou a saída do guarda-redes espanhol, lesionado.

Com o jogo já muito partido, Diogo Ferreira negou um golo ‘cantado’ a Otorbi, antes de Álvaro González fazer o mesmo a Afonso Meireles, com forte pontapé à entrada da área.


Portugal é a segunda equipa com mais títulos europeus sub-17, nomeadamente seis, o último em 2016, enquanto a Espanha lidera o ranking, com nove, o derradeiro em 2017.

Ainda hoje, defrontam-se França e Alemanha, respetivamente com três e quatro cetros cada, na ‘poule’ D, teoricamente a mais forte do torneio.

Jogo no Estádio Estádio Dasaki, em Achnas, no Chipre.

Ao intervalo: 1-2.

Marcadores:

1-0, Daniel Yañez, 20 minutos.

1-1, Cardoso Varela, 25.

1-2, Rodrigo Mora, 33.

Equipas:

- Espanha: Manu González (Alvaro González, 69), Jesus Fortea, Joan Martínez, Landry Farré (Albert Navarro, 67), Diego Aguado, Juan Hernández, Marc Bernal (Pol Duran, 76), Quim Junyent, Daniel Yañez, Adrian Arnucio (Sydney Osazuwa, 76) e Guillermo Fernandez (David Otorbi, 46).

(Suplentes: Alvaro Gonzalez, Albert Navarro, Andres Cuenca, Aboubacar Sangare, Pol Duran, Paulo Iago, Igor Oyono Oyana, David Otorbi e Sydney Osazuwa).

Treinador: Hernán Pérez.

- Portugal: Diogo Ferreira, Duarte Soares, Rui Silva, Rafael Mota, Martim Cunha, Eduardo Felicíssimo (David Daiber, 76), João Simões (Afonso Meireles, 68), Rodrigo Mora (João Trovisco, 88), Geovany Quenda, Cardoso Varela (Eduardo Nunes, 76) e Gabriel Silva (Afonso Patrão, 68).

(Suplentes: Miguel Gouveia, Edgar Mota, Afonso Sousa, Afonso Meireles, Tiago Ferreira, David Daiber, João Trovisco e Afonso Patrão).

Treinador: João Santos.

Árbitro: Nenad Minakovic (Sérvia).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Marc Bernal (57), Eduardo Felicíssimo (75) e Rodrigo Mora (84).

Assistência: cerca de 500 espetadores.
pub