Rojas em Lisboa para reforçar o Benfica

| Futebol Nacional

O jovem paraguaio é um dos novos reforços do Benfica para 2013/14
|

O futebolista Jorge Rojas está em Lisboa desde ontem para assinar contrato com o Benfica até 2018, tendo já realizado os habituais exames médicos.

O médio ofensivo custará ao Benfica uma verba que rondará os 2,5 milhões de euros. A cláusula de rescisão nunca deverá ser inferior a 30 milhões.

O Benfica ganhou a corrida à contratação do jogador a diversos clubes espanhóis e italianos.

O jogador paraguaio, de 20 anos, é proveniente do Cerro Porteño, e considerado uma das promessas do futebol daquele País.

Recentemente destacou-se no campeonato sul-americano de Sub-20 tendo sido considerado um dos melhores jogadores da competição.

O futebolista jogará no Cerro Porteño até junho, data em que terminará o campeonato paraguaio.

O jogador tornou-se no terceiro reforço da equipa do Benfica para 2013/14, depois do clube da Luz ter contratado Sulejmani e Djuricic.

A chegada de Rojas é vista como a melhor forma de viabilizar a saída de Nico Gaitán que viu a sua cotação subir em flecha após ter protagonizado a jogada genial do segundo golo do Benfica frente ao Sporting.

Gaitán foi adquirido em 2010 ao Boca Juniors por 8,4 milhões de euros e tem atualmente uma cláusula de 45 milhões.


A informação mais vista

+ Em Foco

Antigo primeiro-ministro, alto-comissário da ONU para os Refugiados durante dez anos e atual candidato ao secretário-geral das Nações Unidas. António Guterres percorreu os principais palcos nacionais e internacionais.

O contrato do Benfica com a NOS pode ser revisto em alta, confirma o administrador financeiro da SAD, Domingos Soares de Oliveira, sem revelar o tipo nem o valor da majoração.

    É um espaço de jogos dedicado exclusivamente à realidade virtual e que marca a chegada do PlayStation VR a Portugal, no próximo mês de outubro.

    Uma rubrica do site da RTP e do Jornal 2 dentro do contexto evocativo do centenário da Grande Guerra. Será emitida todas as segundas-feiras.