Cabo Verde vence Angola (2-1) e justifica "quartos"

| Futebol Internacional

Héldon festeja o golo que apurou Cabo Verde
|

Cabo Verde fez este domingo história com justo e muito sofrido apuramento para os quartos de final da Taça das Nações Africanas (CAN) de futebol, após reviravolta e triunfo (2-1) sobre Angola, consumado já nos descontos.

 O maritimista Héldon, aos 90+1 minutos, tornou épica a estreia dos "tubarões azuis" na CAN, conquistando a qualificação com poderoso pé esquerdo, finalizando um contra-ataque, numa altura em que o jogo estava "partido", pois quem marcasse seria apurado.   
   
    Angola marcou primeiro, com autogolo de Nando (33 minutos), e foi defendendo o resultado até perto do fim, mas Fernando Varela (81) devolveu as esperanças ao conjunto de Lúcio Antunes, para, sobre o fim, Héldon colocar verdade no resultado   
   

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.